Posts Tagged ‘revolução’

15 de Setembro de 2013 – Patriotas nas ruas: Intervenção Militar-Já!

15/09/2013

1185999_10200999925893373_1417257295_n

Chico de Oliveira: Comunista das antigas: LULA não tem caráter

24/10/2012

Revolucionário e o Reacionário

07/01/2012

Hugo Chávez – revolução socialista vem por bem ou por mal

04/07/2009

Coronel

“Chávez admite que pelean continuismo”

Si los cambios no son pacíficos, serán por la vía violenta, “es la lucha de clases, los ricos contra los pobres”, dijo el mandatario venezolano sobre Honduras en la televisión oficial de su país

Caracas/Washington, Venezuela
.
Mientras Hugo Chávez admite que la lucha es por el “proyecto constituyente” para el continuismo de Manuel Zelaya, en el resto del mundo comienza a fortalecerse la solidaridad hacia Honduras.

Chávez dijo que no solo quiere la salida de Roberto Micheletti del poder, sino que tampoco acepta que se realicen elecciones y no reconocerá al futuro gobierno elegido democráticamente el 29 de noviembre en Honduras.

“Tampoco reconoceríamos a un gobierno surgido de elecciones montadas sobre un golpe de Estado”, dijo Chávez, al insistir en que Manuel Zelaya, depuesto el pasado domingo, debe ser restituido en la presidencia de Honduras.

En sus declaraciones, Chávez puso en duda que pueda haber resultados limpios en una eventual elección “con tal grado de represión contra el pueblo”.

“Es una amenaza para todos, por eso no podemos permitir que se instale ese gobierno tiránico. No van a poder parar los cambios, y si los paran por el lado pacífico, entonces van a venir por el lado violento. Están tratado de abortar el proyecto constituyente en Honduras”, insistió.” (…)

http://www.elheraldo.hn

cuba libre

08/05/2009

“””

Documentário “A Outra Cuba”

Existem vários documentários na net sobre Cuba, comprovando inexoravelmente o falhanço e a brutalidade socialista, a falta de caráter e oportunismo de Fidel Castro. Dois deles são recentes: Hasta Cuando? da RTP, emissora portuguesa, e “Un país sin liberdade”, do canal C5N.

Mas, o melhor documentário que pude encontrar, relata o período entre 59 e 83 do regime castro-comunista.

Orlando Jiménez Leal produziu o documentário “La Otra Cuba”, película magnifíca com uma série de depoimentos importantes, cenas chocantes de fuzilamentos e de espancamentos de cubanos que queriam exilar-se nos EUA por apoiantes de Castro.

Uma série de ex-apoiantes de Castro, guerrilheiros, revolucionários nacionalistas que lutaram pelo derrube do regime de Batista, comentam os episódios da guerrilha e a tomada do poder.

Explicam a mobilização do povo cubano e todos os setores da sociedade para o derrube da ditadura, o que retira a crença que a “revolução” foi uma revolução “comunista”, liderada somente por comunistas. Por conseguinte, mostra as mentiras de Fidel Castro. Como ele foi oportunista para tomar o poder, enquanto prometia democracia e liberdade.

O Comandante Huber Matos, exiliado em Miami, que foi preso por Fidel, e se opôs após a revolução cubana aos princípios marxistas, dá – ao meu ver – um dos melhores depoimentos do documentário.

http://poderpatriota.blogspot.com/2009/05/outra-cuba.html””‘

a subversão comunista nas forças armadas em 1964

17/12/2008

=

atgaaab9wh8ryuqw2y9ky5ccwl7_bfp5mt10_ad3-qiifrpfdyg9yroftltsrg24ss-lp9u_wbvaph5vdpzwwipjtakmajtu9vclnj6k6xexryacs0hiag8bkqpjyw

=

atgaaabfltayxjqfzb2a-uin1wlxdnjzpp21fzxyg9mbgvo-ipgsn4efouhwg151uo6btwaer59duqf7nj7_epwq91u4ajtu9vcnx2abmpn7ppel-hxnns7k_pfa8q

=

atgaaabiuchnp1h1goqds_f5xbby6uxo80netz_1toshvrholuaxr0lji4qmiacwkfadjf3l4tebbzerw97zb36lhq16ajtu9vbfkadsyekkppg_98a3yjspmkebrg

=

atgaaabmsyliqg7vfi12eb8a_bgrryoeafuabwbatwuc0bbyg66bnpqgw1asywen8nta9kftxvz-lfsvczbpyxiabarnajtu9vdsio3ruxi-w4kazdvuhwnhmrhtpa

=

=

MST sempre quiz a revolução comunista, objetivo e estratégia da guerrilha MST treinada pelas farcs

21/08/2008
Veja estas manchetes de jornais:

* MST: 2 milhões de militantes e 1.800 escolas
* 200.000 crianças no Brasil aprendem no Livro Vermelho de Mao
* País terá graduação para assentados
* Graduação na USP só para aluno assentado
* MST forma professores e prega luta
* Projeto (para professores da roça) é inspirado em graduação para sem-terra.

Não é assustador?
,

* Estão matriculados 160.000 sem-terrinhas nas 1800 escolas públicas dos assentamentos e acampamentos. São reconhecidas pelo MEC e mantidas, evidentemente, com recursos que vêm do Governo.

* Existem cursos exclusivos em cerca de 20 universidades para formação de sem-terra, por convênio. Esses cursos são, na maioria, pagos pelo Incra. Para se candidatar ao curso é preciso ser assentado, filho de assentado, não ter formação superior e trabalhar como educador em escolas.

* Uma universidade própria, a Florestan Fernandes. Inaugurada em janeiro de 2005, em novembro do mesmo ano formava 60 alunos em cursos de especialização, com a presença do secretário-geral da Presidência, ministro Luiz Dulci. Bem destacada no centro de cada diploma estava a frase: “Contra a intolerância dos ricos, a intransigência dos pobres. Não se deixe cooptar. Não se deixe esmagar. Lutar sempre”

* Existe ainda um projeto de uma escola sul-americana de agroecologia, cujo protocolo de intenção para sua implantação no Estado do Paraná foi assinado pelos governo do Brasil, Venezuela, Paraná e pela Via Campesina.

* Acaba de ser noticiado que, pela primeira vez no País, teremos estudantes saindo de universidades com o diploma de professor rural. O Ministério da Educação fechou convênio com cinco universidades para a formação desses cursos. Segundo o MEC, esses cursos são inspirados nos Cursos de graduação para os sem-terra. Há três anos existem esses cursos na UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais. Na aula inaugural de 2005, discursou Armando Vieira, líder do MST em Minas. Sabem o que pregou? “As Universidades são latifúndio, e nossa presença aqui é uma ocupação”! Como se vê é pura luta de classes e subversão. Agora imaginem a doutrinação que será feita quando formarem os professores para as 96 mil escolas rurais, freqüentadas por 6 milhões de aluno.

Por que essa exclusividade?
.

 

A Revista Época, em reportagem que ficou famosa, escreveu:

“Há 20 anos eles eram crianças colocadas pelos pais na linha de frente das invasões, para constranger a polícia e suas baionetas. Hoje eles são o comando de ocupações, marchas e saques pelo Brasil afora. A nova geração do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), a primeira nascida nos acampamentos e formada nas escolas da organização, chegou ao poder.”

Eis o que pregam alguns desses alunos:

● “Quando boa parte do povo estiver pronta para pegar na enxada, a gente faz uma revolução socialista no Brasil”.

● “Meus pais só queriam um pedaço de terra. Agora queremos mudar a sociedade, mesmo que não seja pela via institucional”.

●” A gente precisa ir para a luta, acampar e viver o desconforto para destruir o capitalista que vive dentro de nós”.

●“Quando 169 milhões de pessoas no País quiserem o socialismo, não vai ter jeito. Nem que seja pela força”.

● “Queremos a socialização dos meios de produção. Vamos adaptar as experiências cubana e soviética ao Brasil”.

Eles querem a revolução! E pela educação vão formar revolucionários para incendiar o campo…

Essa é das piores e mais perigosas espadas que estão sobre a cabeça do produtor rural.

Acompanhe conosco essa ação. Denuncie, esclareça seus amigos.

http://www.paznocampo.org.br:80