Posts Tagged ‘pedofilia’

Doutrinação GAY e Pedófila feita pelo DESgoverno do PT nas escolas de primeiro grau

30/04/2013

Vamos mostrar o primeiro de vários outros casos de como nossas crianças estão sendo bombardeadas com a erotização.

Lembram da Marta Suplicy e sua velha e ridícula frase: “relaxe e goze”, lembram?

Se não gosta de ler, melhor começar agora, pois os fatos são graves. (separamos as partes mais importantes e revoltantes)

Em sua gestão como prefeita da cidade de São Paulo, a mesma contratou um Grupo de Trabalho e Pesquisa em Orientação Sexual (GTPOS) e firmou com a prefeitura, contratos no valor de R$ 2,3 milhões, sem concorrência. Essa organização não-governamental (ONG) foi fundada pela Prefeita e mais nove pessoas em 1987. Até assumir a Prefeitura, Marta Suplicy ocupou o cargo de presidente de honra da entidade que hoje tem apenas 11 integrantes — 8 deles co-autores de livros de Marta Suplicy sobre sexologia. Esse vínculo entre os membros da ONG e a prefeita levou o Promotor da Cidadania, Sílvio Marques, a encaminhar à secretaria do Ministério Público Estadual (MPE) ofício para que os contratos sejam investigados. “Não é normal que instituições e pessoas que tenham relações próximas com a prefeita ou com o governo sejam contratadas sem licitação”, diz o Promotor.

A organização não-governamental GTPOS foi contratada, inicialmente, para ajudar a montar um programa de educação sexual nas escolas municipais. Apresentou um projeto dividido em três etapas, que incluíam desde o convencimento de diretores, coordenadores e professores sobre o trabalho a ser desenvolvido nas unidades de ensino, e aulas para capacitá-los sobre o tema, até reuniões semanais com grupos das escolas.

Meses depois, o contrato inicial recebeu aditamento de R$ 406 mil para ENSINAR OS EDUCADORES MUNICIPAIS A LIDAR COM TEMAS COMO EREÇÃO E MASTURBAÇÃO INFANTIL, ENTRE CRIANÇAS DE ZERO A 5 ANOS. Para completar, no dia 7, outro contrato foi firmado com a entidade, desta vez ao custo de R$ 372 mil, para orientação de pais sobre planejamento familiar.

Uma pergunta que se impõe é: como uma entidade formada por apenas 11 pessoas é capaz de desenvolver e implantar projetos para 1,8 mil escolas da rede municipal de ensino que abrigam mais de 1,1 milhão de alunos? Obviamente, mediante a subcontratação de profissionais em esquema de free-lancer, o que caracteriza o desvio do “notório saber” que justificou a contratação sem licitação. Essa prática tem sido recorrente nos contratos da Prefeitura com fundações e ONGs que, +++num período de 12 meses, receberam um total de R$ 176 milhões.

Não bastasse, há ainda a dúvida sobre a necessidade de muitos dos projetos.

“Criança de creche e de EMEI quer boneca, carrinho e bola, não orientação sexual”, resume o Vereador Domingos Dissei. De fato, pagar R$ 406 mil para ensinar educadores a tratar da ereção e da masturbação em bebês parece despropositado em muitos sentidos.

Primeiro, porque são inúmeras as boas publicações a respeito do assunto (algumas até obrigatórias para qualquer educador), que poderiam tirar as dúvidas dos profissionais das creches a custo bem menor. Segundo, parece ter havido valorização exagerada do tema, principalmente se considerada a fase da infância em questão. As necessidades das crianças em creches e EMEIs, realmente, são outras.

Fonte: Editorial do jornal O Estado de S. Paulo

Você como pai ou mãe teria coragem de masturbar seu filho recém nascido por que o governo deseja o início precoce da sexualidade dele? Pare e pense em que país estamos vivendo.

Mesmo com tantas denúncias contra Marco Feliciano, mais à frente mostraremos por que a mídia tenta barrar a entrada dele na Comissão de Direitos Humanos. Contradição, não? É… Mas a coisa é mais séria do que imagina.