Posts Tagged ‘ministro’

Placar Geral do Mensalão – STF – Ação Penal 470

27/08/2012

ACOMPANHE no site do STF: Supremo Tribunal Federal:

http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?incidente=11541=

=

RESUMO em 30 de agosto de 2012: CINCO NO XILINDRÓ:

O STF (Supremo Tribunal Federal) concluiu nesta quinta-feira a análise  do primeiro dos sete itens da denúncia do mensalão e condenou cinco réus por desvios de recursos públicos da Câmara e do Banco do Brasil.

Foram considerados culpados: o deputado João Paulo Cunha (PT-SP), o  ex-diretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, ligado ao PT, além do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza e de dois  ex-sócios, Cristiano Paz e Ramon Hollerbach, acusados nos dois casos.

MAIS DETALHES AQUI:

http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2012/08/na-primeira-fatiada-stf-condena-5.html

=

OS RÉUS DO MENSALÃO:

José Dirceu (ex-ministro da Casa Civil e agitador estudantil, agente do exército cubano) – corrupção ativa e formação de quadrilha

José Genoino (ex-presidente do PT e guerrilheiro no Araguaia do PCdoB) – corrupção ativa e formação de quadrilha

Delúbio Soares (ex-tesoureiro do PT) – corrupção ativa e formação de quadrilha, querem fazer dele BODE EXPIATORIO, ele sabe de tudo e tem que entregar todos.

Silvio Pereira (ex-secretário geral do PT) – formação de quadrilha

Duda Mendonça (publicitário, o que criou o pt light) – lavagem de dinheiro e evasão de divisas

Zilmar Fernandes (sócia de Duda Mendonça) –peixe pequeno, lavagem de dinheiro e evasão de divisas

José Borba (ex-deputado federal pelo PMDB-PR) – corrupção passiva

Roberto Jefferson (ex-deputado federal pelo PTB-RJ, traiu a quadrilha, entregou todos) – corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Romeu Queiroz (ex-deputado federal pelo PTB-MG) – corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Emerson Palmieri (ex-tesoureiro do PTB) – corrupção passiva e lavagem de dinheiro

José Janene (ex-deputado federal, PP-PR) – corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha

Pedro Henry (deputado federal, PP-MT) – corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha

Pedro Corrêa (ex-deputado federal, PP-PE) – corrupção corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha

João Cláudio Genu (ex-assessor do PP) – corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha

Enivaldo Quadrado (empresário) – formação de quadrilha e lavagem de dinheiro

Carlos Alberto Quaglia (empresário) – formação de quadrilha e lavagem de dinheiro

Valdemar Costa Neto (deputado federal pelo PR-SP) Alô galera de Mogi das Cruzes-SP e região, aquele abraço – corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha

Jacinto Lamas (ex-tesoureiro do PL) – corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha

Bispo Rodrigues (ex-deputado federal do PL-RJ) – corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Antônio Lamas (ex-tesoureiro do PL) -, peixe pequeno, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha

Breno Fischberg (empresário) – formação de quadrilha e lavagem de dinheiro

Marcos Valério (publicitário), dai saiu a expressão VALERIODUTO – corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas:  CAMPANHA PARA MARCOS VALERIO CONTAR TUDO:

http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2012/08/mensalao-carta-aberta-que-circula-pelas.html

João Paulo Cunha (deputado federal pelo PT-SP) O cara quer ser prefeito de Osasco!, Votem no Celso Giglio, moçada de Osasco – corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato, Em 29 de agosto 2012 CONDENADO, já era:

STF QUER PERDA DE MANDATO DE DEPUTADO JÁ:

“”Como se não bastasse a tripla condenação por peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro, além de desistir da candidatura à prefeitura de Osasco, a situação de João Paulo Cunha ainda pode piorar.

No entendimento de alguns ministros do STF, como Marco Aurélio Mello, caso a sentença defina a perda de mandato de João Paulo, o fato será consumado sem depender de decisão da Câmara dos Deputados.

Ontem, João Paulo anunciou que não renunciava ao mandato de deputado federal. Na verdade contava com o apoio dos colegas e da aliança PT – PMDB para no processo de cassação na Câmara dos Deputados salvar a pele. Só que o STF pensa diferente. Se a sentença determinar a perda do mandato não tem salvação.””

Luiz Gushiken (ex-ministro), já foi chefão do PT – peculato, relator o deixou de fora, escapou

Paulo Rocha (deputado federal PT-PA) – lavagem de dinheiro

Anita Leocádia (assessora parlamentar), peixe pequeno – lavagem de dinheiro

João Magno (ex-deputado federal PT-MG) – lavagem de dinheiro

Professor Luizinho (ex-deputado federal PT-SP) – lavagem de dinheiro

Anderson Adauto (ex-ministro dos Transportes), prefeito de Uberaba-MG – lavagem de dinheiro e corrupção ativa

José Luiz Alves (ex-assessor de Anderson Adauto), ele tá lá em Uberaba com o Anderson – lavagem de dinheiro

Simone Vasconcelos (ex-diretora da SMPB) – peixe pequeno, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas

Geiza Dias (ex-auxiliar da diretoria das empresas de Valério) – peixe pequeno, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas

Rogério Tolentino (advogado) -, peixe pequeno, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha

Cristiano Paz (publicitário) – corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas. (laranja?, bode expiatório?)

Ramon Hollerbach (publicitário) – corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas

Kátia Rabello (ex-presidente do B. Rural) – gestão fraudulenta de instituição financeira, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e evasão de divisas, peixe pequeno, rodou em 3 de setembro.

José Roberto Salgado (ex-vice-presidente do B. Rural) – gestão fraudulenta de instituição financeira, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e evasão de divisas, peixe pequeno, rodou em 3 de setembro.

Ayanna Tenório – (ex-vice-presidente do B. Rural) – gestão fraudulenta de instituição financeira, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, LIVRE, peixe minúsculo.

Vinícius Samarane (ex-diretor do B. Rural) – gestão fraudulenta de instituição financeira, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e evasão de divisas

Henrique Pizzolato (ex-diretor do BB) – peculato (2x), peixe pequeno

=