Posts Tagged ‘brasil’

José Genoíno ficou impune deste crime bárbaro

25/11/2013

1469873_347086998764338_1252299138_n

O maior crime de Genoíno é ter sido guerrilheiro combatendo nossos recrutas do Glorioso Exército de Caxias, lá pelos idos de 1970, no Pará, na Região do Araguaia com o objetivo de implantar um regime de terror comunista tipo Albânia no Brasil. Ele era do PCBR- PARTIDO COMUNISTA BRASILEIRO REVOLUCIONÁRIO que apoiava a Albânia.

Se Genoíno e a cambada dele tivessem vencido, hoje, todas as igrejas do Brasil estariam fechadas.

1497457_642324815825449_627079372_n

O que o PT fez pelo Brasil e por Cuba

06/11/2013

1375703_228862990611325_1521807452_n

PSOL só existe para o PT parecer ser um Partido de Centro

30/10/2013

ALGUMAS VERDADES QUE CARACTERIZAM O PARTIDECO CHAMADO DE PSOL: ENUMERE UMA QUALIDADE VOCÊ TAMBÉM.

1- Rotineiramente surgem falsas listas na internet acusando parlamentares de terem votado contra o povo, mesmo antes do citado projeto ir à votação, mas estranho ainda, é nunca ver nenhum político do PSOL aparecendo nestas relações. Somos todos idiotas ou eles é que são muito espertos?
2- Mensalão do PSOL no RJ (Caso Janira Rocha), desviando dinheiro de sindicato para fundação de partido e bancando bocas de urna de políticos como os deputados Chico Alencar e Jean Wyllys e o vereador Jefferson Moura na cidade do Rio. Infelizmente pouco explorado pela imprensa;
3- Milhões de reais anualmente destinados a Movimentos gays e depois cinicamente dizem estar preocupados com o investimento em Educação. Tão preocupados que apóiam a confecção de kits que incentivam o homossexualismo para crianças de 6 anos nas escolas do Brasil;
4- Ligações com Black Blocs;
5- Sindicato de ”professores” com todos os dirigentes ligados politicamente ao PSOL e PSTU, fazendo baderna e mentem, nunca se interessando em negociar para tentar solucionar o problema, sendo mais fácil e rentável politicamente, apenas acusar os outros do que eles são;

6- Mestres em provocar a Polícia Militar e os adversários e quando confrontados se colocam de vítimas; 

7- Mensalão envolvendo o senador Randolfe Rodrigues, quando era deputado estadual, garantindo base de apoio do então governador João Capiberibe no Amapá. Representação contra o senador do PSOL está no Conselho de Ética do Senado. Caso também pouco explorado pela imprensa fazendo com que o ”paladino da moralidade” se intitule candidato à presidência da república em 2014 pelo PSOL.
8- Partido que sobrevive da desgraça de famílias, tendo como bandeira a liberação da maconha, porta de entrada para outras drogas e causam a destruição das famílias;
9- Apóia o desarmamento do cidadão de bem, mas alguns são patrocinados por empresas  fabricantes de armas em suas campanhas eleitorais, enquanto protegem os marginais com sua política de Direitos Humanos;
10- Tem em seu quadro, deputado federal (Jean Wyllys) que deixou de votar a redivisão dos royalties do petróleo, acarretando na perda de bilhões de reais para o estado que o elegeu. Pois no horário de votação, discutia projetos de lei de sua autoria que visam liberar prostíbulos e legalizar a profissão de prostituta no Brasil;
11- Nunca, absolutamente nunca, ouviu-se falar que seus parlamentares foram importantes em algo decisivo para a sociedade, sobrevivendo apenas de falácias e acusações;
12- Apoiam a Comissão da Verdade, elogiando seus amigos ”perseguidos” políticos, que ontem assaltavam bancos e assassinavam ,e hoje, assaltam os cofres públicos, com indenizações milionárias pagas pelo contribuinte…

Home Page: www.bolsonaro.com.br
Twitter: @DepBolsonaro
Fan Page: Jair Messias Bolsonaro

Para os bispos do Brasil, Branco e Mestiço não é filho de Deus

23/10/2013

CNBB lança nota a favor da Desmestiçagem em Raposa e Serra do Sol

 

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou nota nesta segunda-feira (22) sobre o julgamento das condicionantes do caso “Raposa Serra do Sol” expressando apoio à política de Desmestiçagem em curso no país.

Na nota a CNBB afirma que “se une aos povos indígenas e manifesta sua confiança numa decisão, por parte da Suprema Corte, que lhes seja favorável“.

A nota é assinada pelo Cardeal Raymundo Damasceno Assis, presidente da CNBB, por Dom José Belisário da Silva, vice-presidente, e por Dom Leonardo Ulrich Steiner, secretário geral.

O julgamento, que iniciará nesta quarta-feira (23), ocorre mais de quatro anos após o Supremo Tribunal Federal (STF) ter decidido que a demarcação da denominada “Terra Indígena Raposa Serra do Sol”, em Roraima – em uma área contínua de 1,74 milhão de hectares (1 hectare equivale a, aproximadamente, um campo de futebol) -, não fere a Constituição.

Os embargos, interpostos na Petição 3.388/RR, questionam as 19 condicionantes fixadas na petição. O relator é o ministro Luís Roberto Barroso, em substituição ao ministro Carlos Ayres Britto, que se aposentou em 2012.

Na nota, a CNBB também afirma que lamenta as “insistentes iniciativas legislativas e administrativas” que estariam ameaçando “os direitos territoriais destes povos, estabelecidos na Constituição Brasileira” – uma possível alusão à Proposta de Emenda Constitucional (PEC 215) que passa do Executivo para o Legislativo o poder de criar bantustões federais para índios no Brasil.

Branco-indigenismo: CNBB defende que dívida histórica para com os mestiços seja paga para os índios

Silenciando o fato do povo mestiço ser o descendente dos antigos índios e mestiços escravizados, na nota a CNBB defende que dívida histórica seja paga não ao povo mestiço, mas aos índios atuais:  ”É urgente confirmar a disposição do Estado brasileiro em pagar definitivamente a histórica dívida com os indígenas, acumulada ao longo dos séculos”.

Apoio à Desmestiçagem

A CNBB também nega na nota os direitos originários e o projeto de vida do povo mestiço em relação às áreas onde tem sido instalados os bantustões federais: “O julgamento dos embargos de declaração enseja oportuna ocasião ao Supremo Tribunal Federal de consolidar um marco de segurança dos direitos dos povos indígenas, garantindo que estes possam administrar e gerir seus territórios conforme seus próprios projetos de vida”.

 

Da Série: ANTI POLITICAMENTE CORRETO : 8 besteiras financeiras que os homens fazem por causa de mulher

19/09/2013

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

http://www.vidaruimdepobre.blogspot.com.br/2013/09/8-besteiras-financeiras-que-os-homens.html

1337124313979

O cheiro, o cabelo, a pele macia, esse olhar, esse charme são seu maior inimigo na busca pelo milhão

Vou listar para você, pobretão do meu Brasil, as besteiras financeiras mais comuns que homens cometem devido mulher. Sua independência financeira tem como obstáculo sim as mulheres.

1 – Comprar carrão para impressionar mulher

Você já parou pra colocar na ponta do lápis a quantidade de mulheres que você comeu devido seu carro (seja por impressioná-las quanto pela locomoção) e a quantidade de mulheres que você comeria com o dinheiro do carro? É fácil fazer essa conta: Vamos supor que você seja um retardado brasileiro padrão e vá comprar um carro zero de nível médio pra top e gaste 55.000 reais. Bem, você irá fazer prestações de 1.000 reais com juros elevando o preço pra quase 70.000 reais pagando 15.000 de juros. Você terá por ano IPVA, manutenção e gasolina. Com 1000 reais você come 10 mulheres por 100 reais por mês. Você come 4 mulheres tops por 250 reais por 1 hora. Você come 17 mulheres por 60 reais meia hora. Se você não está comendo ou com ficantes sexuais nesses números você cometeu um grave erro. De fato você está mais pobre e menos rico cada vez que passa com seu carrão depreciando na sua garagem. Carrão como eu quero (Camaro que é meu sonho) só quando você já estiver com muita grana sobrando.

2 – Pagar cursos, faculdade ou sustentar mulheres concurseiras

Este erro é comum com homens mais velhos casados com mulheres mais novas ou casados. É comum que homens paguem a faculdade ou sustentem otárias que querem ficar de boa em casa decorando leis e regras de português para passar em um concurso. É engraçado já que NENHUMA mulher faz isso por um homem (pagar faculdade e sustentar concurseiro) mas o que mais acontece é homem fazendo isso. Este erro é gravíssimo porque? Primeiro você está jogando grana fora num investimento de risco que é dar para sua mulher a chance de:

– Foder alfas na faculdade e se apaixonar por homens mais jovens (sim elas vão dar beijinhos em gatinhos nos happy hours de faculdade);

– Quando formadas ou quando passarem em concurso elas não irão lhe ajudar em casa com as contas. Elas vão pagar uma coisa ou outra mas a merda toda continuará nas suas costas. As que se formarem e irem pra iniciativa privada irão lhe trair com o colega alfa e com o chefe. As concurseiras irão fazer pouco de você e se acharão o máximo caso ganhem próximo, igual ou mais que você. Você se tornará descartável e os milhares de reais gastos com elas terminarão em um divórcio violento ou num adultério humilhante.

Só otários sustentam suas mulheres em faculdade ou concurseiros.

3- Comprar imóveis/comprar imóveis caros/móveis/reformas da casa

“Quem casa quer casa”. O delírio feminino por um apartamento/casa própria de qualidade pressiona homens a imobilizarem sua renda em prestações insanas ou em imóveis caríssimos com condomínios caros. O fazem gastar rios de grana em reformas, móveis, quadros entre outras besteiras pois a mulher o pressiona de forma violenta a gastarem tudo na casa. Esse erro é gravíssimo já que o maior gasto em vida de um homem são dois como já falei aqui: Filhos e imóvel. De fato a compra do imóvel por significar que você não ficará rico nunca mais. Não adianta vir com papo de valorização. Você se vender irá ter que comprar outro lugar tão bom quanto o atual e nenhuma mulher aceita algo pior do que tem hoje.

4- Não casar com separação total de bens

Já falei aqui neste post. Resumindo: Você tem que ser muito, mas MUITO burro pra casar com separação parcial de bens. Homens que não concordam normalmente se enquadram nestas categorias: Esquerdistas de merda; Universitários sonhadores; feministas de merda; Sonhadores problemáticas; Homens que não fazem sexo faz muito tempo

5- Namorar à distância

Isso é um erro pois o peso das viagens, hospedagem e locomoção sempre ficam nas costas dos homens. Raro elas fazerem isso e quando o fazem só depois de muito tempo quando as coisas estão firmes. Sem falar nas traições que você irá tomar pelas costas já que toda mulher tem alfas por perto dando em cima querendo dar umazinha com elas e elas não resistem.

1371844776315

6- Dar presentes muito caros (carro, viagens, joiás)

É de matar ver homens dando carros, viagens caras, levando para super restaurantes. São gastos que não voltam e não terão nenhum efeito na mulher por mais de 1 mês. Depois disso ela vai querer mais e os níveis de amor, serotonina, dopamina e felicidade voltarão aos patamares anteriores e você para superar esses sentimentos não terá o que mais fazer. Mulheres são seres extremamente ingratos, interesseiros que estão sempre olhando para o melhor negócio (homens) para fazerem a troca acesso à sua buceta X benefícios financeiros/status/proteção.

7- Sustentar/ter amante

Ter amante é uma burrice. No começo pode ser legal, faz bem pro ego, dá um ânimo na vida pois relembra que você é um homem, com desejos sexuais e sente admirado de novo já que sua esposa caga e anda pra você faz anos. Mas com o tempo você terá 2 mulheres pra sair, 2 pra sustentar, 2 pra aturar, 2 pra dar presentes. É muito melhor para os infiéis que usem putas fixas que com o tempo diminuirão os preços e não necessitarão de presentes ou saídas do que ter uma amante. Amante é coisa do passado e para quem não é rico, burrice.

8- Gastar muito em puteiros

Esse eu cometi demais. É preciso tomar cuidado com o dinheiro gasto com as putas pois o vício pode vir e ele é perigoso. É preciso estabelecer um orçamento específico pra elas e não passar disso.

E aí, quais erros você já cometeu ou vê homens cometendo? Que outros erros financeiros homens cometem por mulher?

Forte abraço!

Patriotas pedem Intervenção Militar-Já – As Forças Armadas Perante a Nação! Convocação: Consulte a sua Consciência!

14/09/2013

dia do soldado 2

Você brasileiro, que ama sua Pátria, e guarda consigo os valores morais aprendidos em casa, independente de ser civil ou militar, tem o dever cívico de ler, anuir, compartilhar e participar com sua família desta convocação.

Como todos sabem, amanhã é o dia do soldado, e nós soldados não temos nada a comemorar. Por esta razão não havia data mais propícia para divulgar esta mensagem, do que na véspera deste glorioso dia.

Que categoria profissional está satisfeita com a política social, previdenciária e de carreira que nos tem sido imposta pelo governo? Quem, em sã consciência, vê com naturalidade a contratação de médicos cubanos, ao arrepio das nossas leis trabalhistas, em regime de semi-escravidão, com o claro propósito de mandar recursos para ajudar a manter o regime comunista de Fidel Castro?

Quem não se estarrece com a parcimônia da chamada “oposição” política brasileira frente a essas aberrações?

Quem não perde a fala ao observar que, não só os 3 Poderes da nossa “República”(???), mas até nossos Comandantes Militares violam a Constituição do país, ao se negarem a submeter-se à aposentadoria compulsória, visto que os três já passaram dos setenta anos de idade?

O que podemos esperar quando, na contramão das melhorias pedidas pelo povo para a Educação, o governo quer adequar o ensino brasileiro à mediocridade cubana, formando zumbis para pensarem e agirem numa única ocupação, cerceando-lhes a livre expressão do pensamento?

Quem consegue educar seus filhos hoje em dia sem sofrer a nefasta influência midiática que a todo instante divulga valores amorais e imorais como familiares?

SE VOCÊ JÁ CANSOU DE TUDO ISSO, E SABE, COMO TODOS NÓS, QUE DAS MANIFESTAÇÕES DE JUNHO NADA RESULTOU A NÃO SER A APROPRIAÇÃO DAS IMAGENS PELOS PARTIDOS POLÍTICOS OPORTUNISTAS (NO CASO, TODOS), NÃO DEIXE DE PARTICIPAR DA GRANDE MANIFESTAÇÃO PÚBLICA E PACÍFICA DE 7 DE SETEMBRO EM TODO O BRASIL.

NO RIO DE JANEIRO ESTAREMOS ESPECIALMENTE OCUPANDO A ARQUIBANCADA DE FRENTE AO PALANQUE DAS AUTORIDADES as 06:00h DO DIA 07.09, A MESMA ARQUIBANCADA OCUPADA PELOS POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES EM SETEMBRO DE 2011.

E PARA OS QUE DIZEM QUE NÃO TEMOS OBJETIVOS COMUNS, CLAMEMOS POR:

1) APOSENTADORIA COMPULSÓRIA DOS 3 COMANDANTES MILITARES;

2) IMPEACHMENT DE DILMA E RENÚNCIA DE TODOS OS SEUS INCOMPETENTES MINISTROS;

3) REORGANIZAÇÃO DO ESTADO PELAS FFAA, PREPARANDO-O PARA ELEIÇÕES GERAIS EM 60 DIAS;

4) PRISÃO IMEDIATA DE TODOS OS MENSALEIROS E AFASTAMENTO DE TODOS OS FICHAS SUJAS DOS 3 PODERES E EM TODOS OS NÍVEIS DE CONTRATAÇÃO.

5) VALORIZAÇÃO NÃO SÓ DA CARREIRA MILITAR, MAS SIM DE TODAS, E DA MERITOCRACIA.

COM ESSAS BANDEIRAS O BRASIL REPUDIARÁ DE UMA VEZ POR TODAS O COMUNISMO DE NOSSO SOLO SAGRADO.

VISTAM-SE DE VERDE E AMARELO E VENHAM PARA AS RUAS NESSE DIA. A FESTA É DO POVO BRASILEIRO E NÃO DOS COMUNISTAS QUE ESTÃO NO PODER.

“Só os covardes se omitem”

Att

Marcelo Machado
Presidente da Associação Nacional dos Militares do Brasil – ANMB

Faculdade jesuíta convida inimigos da Igreja para dar cursos em Simpósio

11/09/2013

LEONARDO BOFF, ex padre, teólogo da libertação dá palestra em Faculdade de Teologia.

29 de agosto de 2013 às 10:26

Pedro Canísio de Alcântara

De 2 a 4 de outubro de 2013, a Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia promoverá seu IX Simpósio Internacional Filosófico-Teológico. Depois da ilustre presença do Prof. Dr. Leonardo Boff com a conferência de abertura do Simpósio no ano passado, este ano a FAJE convidou para dar conferências e seminários dois notórios inimigos da Igreja Católica: a laicista e abortista Profa. Dra. Roseli Fischmann (USP) e o Pe. José Maria Vigil, CMF, um dos hereges mais ousados de nosso tempo.

Uma acadêmica laicista e abortista

A Dra. Fischmann irá ministrar um seminário (4h/a) que tem por título “O caráter educativo da laicidade do Estado” e se realizará conforme a programação do evento nos dias 3 e 4 às 10h no Campus da FAJE.[1] O seminário está entre os cinco eventos simultâneos entre os quais os alunos da instituição poderão escolher para participação obrigatória.

A Dra. Fischmann faz parte do Grupo de Estudos sobre o Aborto (GEA)[2], que “conta com o apoio do Ministério da Saúde e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência e seu foco é capilarizar a discussão do tema do aborto sob o prisma da Saúde Pública e retirá-lo da esfera do crime.”[3] Entre seus participantes o GEA declara outras organizações, como por exemplo, as Católicas pelo Direito de Decidir e o Ipas Brasil, que possuem a mesma finalidade, além do Ministério da Saúde e da Secretaria de Política para as Mulheres.[4] Para alcançar seu fim o GEA “produz novos materiais e estimula a difusão de informação e dados de pesquisas através de entrevistas e matérias nos veículos de comunicação do Brasil e no mundo e realiza seminários, colóquios e encontros com mais parceiros nessa iniciativa.”[5] Tudo isso para descriminalizar o aborto. Para se ter ideia da importância do GEA, alguns dos seus membros e o próprio grupo tiveram importância na discussão e julgamento favorável ao aborto de fetos anencéfalos pelo STF na ADPF 54.[6]

1240195_421501964626022_1558943273_n

Pró-aborto, a Dra. Roseli realizou nos anos de 2007 e 2008 o projeto “Ensino Religioso em Escolas Públicas: legislação e normas e seu impacto sobre a cidadania e os direitos sexuais e reprodutivos”. Tal projeto teve como financiadores as Católicas pelo Direito de Decidir[7] e apoio financeiro da MacArthur Foundation (ambas abortistas) com consultoria do GEA.[8]

Em 2009, em audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara dos Deputados, a Dra. Roseli Fischmann, contrária ao acordo entre o Brasil e o Estado do Vaticano, defendeu a  inconstitucionalidade e os perigos do acordo[9] [10]. Tendo ela mesma, por conta desta ocasião, pedido a viagem de representante(s) da virulenta ATEA Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos para Brasília.[11]

Contrária ao ensino religioso na escola pública[12], no contexto do acordo com a Santa Sé ela afirmou: “A abordagem insidiosa da Igreja Católica sobre o ensino religioso nas escolas públicas não pode mais ser alvo de omissão por parte das autoridades, em particular dos parlamentares, em nome de supostas boas intenções que permeariam um suposto ensino interconfessional. Na prática, no cotidiano das escolas, crianças de 6 ou 7 anos de idade são objeto de manipulação por parte de pessoas que sequer percebem o que estão fazendo e vão, com isso, moldando consciências de forma oposta às exigências de autonomia moral presentes na boa educação, disseminando também preconceito e discriminação.

Temas como meio ambiente, saúde e em particular saúde reprodutiva podem ser afetadas diretamente pelo tipo de abordagem dada nessas propostas inconstitucionais de ensino religioso, negando o conhecimento científico, pela abordagem que é própria para o campo religioso, mas imprópria para o campo pedagógico, sobretudo da escola pública. Nessa perspectiva, valores e condutas podem ser “ensinados” como verdade absoluta, ignorando a ética e a formação para a autonomia, sem o que não se consolidará jamais a democracia.”[13]

Comentando sobre um “casal” de homossexuais, lamenta o julgamento destes “casais” como “não merecedores do reconhecimento como entidade familiar” dizendo que “é a falta de reflexão crítica e de postura ética que leva a essa situação em que é preciso lei e decisão judicial, onde apenas o justo reconhecimento da dignidade do ser humano bastaria.”[14] Tal reconhecimento familiar, portanto, seria apenas o justo reconhecimento da dignidade do ser humano.

Em outro texto sobre o mesmo assunto, comenta: “amparada na ética e voltada para o avanço histórico, decisão inédita em nível federal, do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), reconhecia a legalidade da adoção de crianças por casal homossexual de Bagé (RS).”[15]

Em um texto sobre denúncias de pedofilia na Igreja, ela pega carona neste assunto e critica a interferência da Igreja em políticas públicas, como se a Igreja, quer dizer, os católicos, não fizessem parte da sociedade. Ela aponta a “outra face da moeda, que credita à Igreja Católica o poder de a tudo julgar e tudo determinar na vida humana, inclusive interferindo em políticas públicas. É o caso das pressões sobre o 3º PNDH, para os temas de retirada dos símbolos religiosos de estabelecimentos públicos, reconhecimento da autonomia das mulheres, em caso de aborto, e das uniões homoafetivas, incluindo adoção de filhos.” E argumenta que os fiéis católicos não serão obrigados ao que contraria a doutrina católica. Argumenta também que o interesse público deve atender toda a cidadania, sem discriminação. E que não cabe às denominações religiosas convencer o Estado a atender as determinações que elas pregam. O Estado, segundo ela, lida apenas com o que é crime. E, por fim, acusa o Vaticano de disposição de ser soberano por sobre a ordem humana.[16] Caberia perguntar como ela justifica que os católicos devem se reduzir a aceitar as leis decididas para “atender toda a cidadania”, isto é, as vontades e os pensamentos de quem quer que seja e devem aceitar a ordem pública por tais pessoas desejadas. Pelo jeito, a Dra. Roseli substituiu “bem comum” pela vontade desse conjunto chamado “toda cidadania”, que leva à exclusão do pensamento e da vontade dos católicos sobre a sociedade.

Note-se que o Estado, na pessoa de seus governantes, sempre faz juízos de valor e juízos morais sobre a maldade ou bondade daquilo que é considerado crime; de fato, nem todo mal moral é ou deve ser crime, mas todo crime há de ser mal moral, porque atenta contra o bem público ou privado, caso contrário carece de matéria, constituindo-se em mera arbitrariedade. A própria Dra. Fischmann realiza uma série de juízos morais. Dizer que o Estado não trata de moral é falso. Dizer que a influência da Igreja, tanto no plano da pregação religiosa quanto no plano do senso comum e da sua forte e milenar reflexão filosófica, deve ser eliminada é fazer uma opção filosófica ou ideológica clara, mas que ela não adverte. O que faz a posição da Dra. Fischmann melhor do que a dos católicos? Por que razão eliminá-la do debate? Qual a razão pela qual devemos aceitar o bom-mocismo politicamente correto da moda? Sob qual fundamento se sustenta o igualitarismo religioso ou o indiferentismo do Estado? Serão estas questões passíveis de serem colocadas em debate? Se não, por quê?

A doutrina católica sobre a relação da religião com o Estado, a sociedade e a educação

Por fim, convém lembrar a doutrina católica, exposta no Concílio Vaticano II, sobre os temas tratados acima pela Dra. Roseli:

– Prestar culto a Deus é um dever dos homens e para isto devem ter imunidade de coação na sociedade civil, portanto, “permanece a doutrina católica tradicional acerca do dever moral que os homens e sociedades têm para com a verdadeira religião e com a única Igreja de Cristo.”[17]

– A Igreja defende o ensino religioso católico nas escolas públicas.[18]

– O bem comum, fim da comunidade política, “compreende o conjunto das condições da vida social que permitem aos indivíduos, famílias e associações alcançar mais plena e facilmente a própria perfeição.”[19] Portanto, bem comum está ligada não às condições de realização de qualquer vontade, mas às condições objetivas para alcançar a perfeição humana, fim de sua natureza objetiva.

– Além disso, “o apostolado no meio social, isto é, o empenho em informar de espírito cristão a mentalidade e os costumes, as leis e estruturas da comunidade em que se vive, são incumbência e encargo de tal modo próprios dos leigos que nunca poderão ser plenamente desempenhados por outros.”[20] Tal apostolado não exclui nenhum bem espiritual ou temporal.[21] Por isso, o Concílio pede aos católicos que “investiguem em conjunto o modo de organizar as instituições sociais e públicas segundo o espírito do Evangelho.”[22] Não, obviamente, fazer e estudar o modo como a Dra. Fischmann quer organizar a sociedade. O único evento digno desta senhora é um debate, se muito.

Um herege brutal

Mas como um é pouco, mas dois é bom, como não poderia deixar de ser, o Simpósio contará com uma personalidade ilustre da teologia da libertação: o Pe. José Maria Vigil, CMF. Ele apresentará uma conferência às 8h do dia 4 de outubro na FAJE com o título “Consequências da secularização e tarefas para o futuro” e às 19:30 do mesmo dia será a figura principal de uma “mesa redonda” com o mesmo título. Já no Campus Coração Eucarístico da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, nos dias 3 e 4 às 14:30, o Prof. Vigil irá ministrar o seminário “A grande virada que vem – Releitura do cristianismo a partir de novos paradigmas: Enfoque epistemológico” no âmbito do V Simpósio Internacional de Teologia e Ciências da Religião desta universidade.

O padre Vigil é aquele que escreveu o livro “Teología del pluralismo religioso. Curso sistemático de Teología Popular”, que foi objeto de uma nota[23][24] da Comissão Episcopal para a Doutrina da Fé da Conferência Episcopal Española. Na nota sobre tal livro, podemos ler:

“La pretendida unión entre la teoría y la práctica se ve, sin embargo, condicionada por incorrectos presupuestos metodológicos, como son la asunción acrítica de una filosofía racionalista que niega de facto la posibilidad real de la intervención de Dios en la historia, la lectura e interpretación de la Sagrada Escritura al margen de la Tradición eclesial, la hermenéutica del Concilio Vaticano II en clave de ruptura, la negación del Magisterio como intérprete auténtico de la Palabra de Dios escrita y transmitida, una concepción relativista del hecho religioso, una comprensión sociológica de la Iglesia y una presentación ideológica de la Historia de la evangelización[1].”

“Estos presupuestos metodológicos llevan a afirmaciones incompatibles con la fe de la Iglesia católica, como son, entre otras: la negación del realismo de la Encarnación, presentada como “«teologúmenon», metáfora, mito, símbolo” (p. 173), de la Preexistencia del Logos (p. 189) y de la Mediación salvífica única y universal de Cristo y de la Iglesia; la contraposición entre “el cristianismo del Cristo dogmático” y “el cristianismo del Evangelio del Reino de Dios y del seguimiento de Jesús” (pp. 171-172); la negación de la voluntad fundacional de Cristo respecto a la Iglesia (p. 119); la comprensión inmanentista de la Revelación, entendida como “un caer en la cuenta” de lo que Dios va obrando; la consecuente equiparación de la Revelación sobrenatural a las “revelaciones” de otras tradiciones religiosas (pp. 81-91); la ruptura entre el Reino de Dios y la Iglesia; o, la reducción de la religión a la ética, entendida como justicia y respeto al otro (pp. 195-209)”

A nota conclui dizendo que “La gravedad de los errores contenidos en este libro, unida a su carácter divulgativo, hacen de esta obra un instrumento especialmente dañino para la fe de los sencillos.”  A nota é mais extensa, mas estes trechos ilustram bem.

Diante de tudo isso, fazemos algumas perguntas: nesta hora grave da história da Igreja, especialmente no Brasil, onde o laicismo avança e as heresias e a superficialidade pululam, onde a teologia da libertação e a ideologização dominam sobre a fé, sob quais argumentos se pode justificar a presença de tais ilustres inimigos da Igreja para dar conferências e seminários em uma faculdade católica, inclusive eclesiástica, como a FAJE e uma universidade pontifícia como a PUC Minas? Quem os convidou e por qual motivo? É normal que uma instituição, mesmo universitária, convide inimigos da Igreja e hereges manifestos para sofismar impunimente diante de seus alunos que dão os primeiros passos nas ciências sacras e profanas?

A disciplina da Igreja em matéria educacional para este caso

É verdade que a Igreja permite a colaboração das Faculdades eclesiásticas com outras Faculdades não católicas, mas procurando, porém, “conservar sempre com cuidado a própria identidade.”[25] O mesmo se deve dizer dos professores com os quais colabora. Quando fala dos professores não católicos[26], as Disposições da Sagrada Congregação para a Educação para a Exata Aplicação da Constituição Apostólica Sapientia Christiana dizem que se deve ater às normas da competente autoridade eclesiástica e remete ao Diretório sobre o Ecumenismo, Segunda parte[27]. Consultando a documentação mais atual, de 1993[28], ao falar da questão se os estudantes católicos de primeiro ciclo podem assistir a cursos especiais dados por professores de outras igrejas, podemos ler:

“Quando se deve tomar uma decisão sobre se devem ou não assistir a cursos especiais, há que se considerar bem a utilidade do curso no contexto geral de sua formação, a qualidade e o espírito ecumênico do professor, o nível de preparação prévia dos mesmos estudantes, sua maturidade espiritual e psicológica. Quanto mais próximo se refiram as conferências ou cursos a temas doutrinais, mais cuidado será necessário em tomar uma decisão sobre a oportunidade da participação dos estudantes.”[29]

Conclusão

Quanto aos professores, fica claro que ambos não possuem as qualidades intelectuais requeridas. Qual será o caráter educativo da laicidade do Estado da Dra. Fischmann consequente com suas teses e mentalidade? Quais serão as tarefas para o futuro dadas pelo Dr. Vigil consequentes com sua falta de fé católica? E quanto aos alunos, convém dizer que, em sua maioria, ignoram a doutrina da Igreja e a fidelidade a ela devida sobre muitos dos pontos acima. Se há dúvidas quanto a isso, que se lhes interrogue. Não se trata aqui de querer impedir aquela informação necessária aos estudantes das doutrinas dos filósofos e teólogos, seja de qual corrente forem, dada por professores idôneos, respeitosos e capazes. Por isso, é necessário que as autoridades eclesiásticas intervenham não só para impedir que tais inimigos da Igreja nestas instituições profiram seus sofismas, mas também para que se acabe com o costume de contratar, convidar ou permitir professores inidôneos.

***

Quem, diante de tais fatos, quiser enviar este texto às autoridades competentes pedindo providências, pode fazê-lo através dos endereços a seguir:

ARQUIDIOCESE DE BELO HORIZONTE

Excelência Reverendíssima Dom Walmor Azevedo Oliveira de Azevedo

Palácio Cristo Rei

Praça da Liberdade, 263 – Funcionários – 30140-010 – Belo Horizonte – MG

SECRETARIADO PARA A EDUCAÇÃO SUPERIOR DA CURIA GERAL DOS JESUÍTAS EM ROMA

http://www.sjweb.info/contactcompose.cfm?ContactWho=1

NUNCIATURA APOSTÓLICA

Excelência Reverendíssima Dom Giovanni D’Aniello, Núncio Apostólico

Av. das Nações, Quadra 801 Lt. 01/ CEP 70401-900 Brasília – DF

Cx. Postal 0153 Cep 70359-916 Brasília – DF

Fones: (61) 3223 – 0794 ou 3223-0916

Fax: (61) 3224 – 9365

E-mail: nunapost@solar.com.br

CONGREGAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO CATÓLICA – DOS SEMINÁRIOS E DOS INSTITUTOS DE ESTUDO

Eminência Reverendíssima Dom Zenon Cardeal Grocholewski:

Piazza Pio XII, 3 00193 – Città del Vaticano – ROMA

Tel. 06.6988-3438 Fax: 06.6988-5088

[1] http://www.faculdadejesuita.edu.br/eventos/index.php?pagina=grupo_conteudo&tela=41&evento=5

[2] http://aads.org.br/gea/membros.html

[3] http://aads.org.br/gea/documentos/GEA_folheto_apresentacao.pdf

[4] Idem

[5] Idem

[6] Tendo seu coordenador Thomaz Gollop feito exposição na audiência do STF em 8 de agosto de 2008. Outros exemplos de trabalhos pró-aborto deste grupo no Brasil podem ser lidos nos links a seguir: http://aads.org.br/gea/documentos/GEA_folheto_argumentos.pdf

http://aads.org.br/gea/documentos/GEA_consolidado2010.pdf

http://aads.org.br/gea/documentos/REFORMA_CPENAL_SENADO.pdf

[7] em caráter de cooperação.

[8] http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?metodo=apresentar&id=K4783302U1

[9] http://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/credn/documentos/notas-taquigraficas/Audiencia%20Publica%20MSG%20134-09%20-%2007-07-09.pdf

[10] Defendendo-a em público. http://www.youtube.com/watch?v=mNbKY1ej6Ng

[11] https://atea.org.br/index.php/component/content/article/923-dia-a-dia/127-atea-acao-urgente-sobre-a-concordata

[12] http://www.geledes.org.br/em-debate/roseli-fischmann/3651-deus-nao-frequeenta-laboratorio

[13] http://www.geledes.org.br/em-debate/roseli-fischmann/651-o-ensino-religioso-e-o-vaticano

[14] http://www.geledes.org.br/em-debate/roseli-fischmann/16622-vitoria-da-bola-preta-por-roseli-fischmann

[15] http://www.geledes.org.br/em-debate/roseli-fischmann/5824-do-preconceito-a-promocao-do-direito

[16] http://www.geledes.org.br/em-debate/roseli-fischmann/5149-de-pecados-e-crimes

[17] Dignitatis Humanae, 1.

[18] Gravissimum educationis, 7.

[19] Gaudium et spes, 74.

[20] Apostolicam actuositatem, 13

[21] Ibid

[22] Idem, 14.

[23] http://www.conferenciaepiscopal.es/index.php/actividades-noticias-doctrina/1651-nota-sobre-el-libro-del-rvdo-p-jose-maria-vigil-cmf-teologia-del-pluralismo-religioso-curso-sistematico-de-teologia-popular.html

[24] http://www.conferenciaepiscopal.es/index.php/notas/2008/322-la-comision-episcopal-para-la-doctrina-de-la-fe-hace-publica-una-nota-sobre-el-libro-del-p-jose-mo-vigilteologia-del-pluralismo-religioso-curso-sistematico-de-teologia-popular.html

[25] Disposições da Sagrada Congregação para a Educação para a Exata Aplicação da Constituição Apostólica Sapientia Christiana. Art. 49 par. 1

[26] Idem. Art. 18

[27] ASS 62 (1970), pp. 705ss.

[28] Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos. Diretório para a aplicação dos princípios e normas sobre o ecumenismo

[29] n. 194

Genoíno pede aposentadoria por invalidez moral

05/09/2013

7859_640078142691984_791090144_n

O maior crime de Genoíno é ter sido guerrilheiro combatendo nossos recrutas do Glorioso Exército de Caxias, lá pelos idos de 1970, no Pará, na Região do Araguaia com o objetivo de implantar um regime de terror comunista tipo Albânia no Brasil. Ele era do PCBR- PARTIDO COMUNISTA BRASILEIRO REVOLUCIONÁRIO que apoiava a Albânia.

Se Genoíno e a cambada dele tivessem vencido, hoje, todas as igrejas do Brasil estariam fechadas como aconteceu na Albânia.

Como Fazer para o Brasil voltar aos trilhos?

04/09/2013

1170745_505654446193243_1915035639_n

Como em 1964, povo clama de novo para militares tirarem comunistas do Poder!

31/08/2013

O PARTIDO QUADRILHA ORGANIZADA “PT” NÃO TEM PLANO DE GOVERNO TEM PLANOS PARA PERPETUAÇÃO NO PODER PELA FORÇA: GOLPE DE ESTADO

Você brasileiro, que ama sua Pátria, e guarda consigo os valores morais aprendidos em casa, independente de ser civil ou militar, tem o dever cívico de ler, anuir, compartilhar e participar com sua família desta convocação.
Que categoria profissional está satisfeita com a política social, previdenciária e de carreira que nos tem sido imposta pelo governo? Quem, em sã consciência, vê com naturalidade a contratação de médicos cubanos, ao arrepio das nossas leis trabalhistas, em regime de semiescravidão, com o claro propósito de mandar recursos para ajudar a manter o regime comunista de Fidel Castro?

1174980_419586714812867_1886514186_n

Quem não se estarrece com a parcimônia da chamada “oposição” política brasileira frente a essas aberrações? Quem não perde a fala ao observar que, não só os 3 Poderes da nossa “República”(???), mas até nossos Comandantes Militares violam a Constituição do país, ao se negarem a submeter-se à aposentadoria compulsória, visto que os três já passaram dos setenta anos de idade? O que podemos esperar quando, na contramão das melhorias pedidas pelo povo para a Educação, o governo quer adequar o ensino brasileiro à mediocridade cubana, formando zumbis para pensarem e agirem numa única ocupação, obstruindo lhes a livre expressão do pensamento?

1236898_385751104884965_787621895_n

Quem consegue educar seus filhos hoje em dia sem sofrer a nefasta influência midiática que a todo instante divulga valores amorais e imorais como familiares?

SE VOCÊ JÁ CANSOU DE TUDO ISSO, E SABE, COMO TODOS NÓS, QUE DAS MANIFESTAÇÕES DE JUNHO NADA RESULTOU A NÃO SER A APROPRIAÇÃO DAS IMAGENS PELOS PARTIDOS POLÍTICOS OPORTUNISTAS (NO CASO, TODOS), NÃO DEIXE DE PARTICIPAR DA GRANDE MANIFESTAÇÃO PÚBLICA E PACÍFICA DE 7 DE SETEMBRO EM TODO O BRASIL.

1175588_658793084140160_1772952975_n

E PARA OS QUE DIZEM QUE NÃO TEMOS OBJETIVOS COMUNS, CLAMEMOS POR:

1) APOSENTADORIA COMPULSÓRIA DOS 3 COMANDANTES MILITARES;

2) IMPEACHMENT DE DILMA E RENÚNCIA DE TODOS OS SEUS INCOMPETENTES MINISTROS;

3) REORGANIZAÇÃO DO ESTADO PELAS FFAA, PREPARANDO-O PARA ELEIÇÕES GERAIS;

COM ESSAS BANDEIRAS O BRASIL REPUDIARÁ DE UMA VEZ POR TODAS O COMUNISMO DE NOSSO SOLO SAGRADO.

VISTAM-SE DE VERDE E AMARELO E VENHAM PARA AS RUAS NESSE DIA. A FESTA É DO POVO BRASILEIRO E NÃO DOS COMUNISTAS QUE ESTÃO NO PODER.
ESTAMOS MERGULHADOS EM UM MAR DE LAMAS QUE ENVERGONHA TODO BRASILEIRO SENSATO, lute!

“Só os covardes se omitem