Archive for the ‘crime’ Category

O Incrível, O Bizarro, O Inesperado

10/05/2017

incrives

Com ferro fere, com ferro será ferido, confere?

http://www.midiamax.com.br/policia/tem-mandioca-introduzida-anus-ser-flagrado-furtando-plantacao-340695 

Anúncios

O criminoso nunca está só

07/05/2017

18301107_1339099406181670_2176485616044714228_n

1ª Turma determina perda de mandato do deputado Paulo Feijó (PR-RJ)

03/05/2017
Notícias STFImprimir

Terça-feira, 02 de maio de 2017

1ª Turma determina perda de mandato do deputado Paulo Feijó (PR-RJ)

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) condenou o deputado Federal Paulo Feijó (PR-RJ) a 12 anos, 6 meses e 6 dias de reclusão, em regime inicial fechado, mais 374 dias-multa pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Como efeitos da condenação na Ação Penal (AP) 694, de relatoria da ministra Rosa Weber, foi determinada a perda do mandato parlamentar e sua interdição para exercício de cargo ou função pública de qualquer natureza e de diretor, membro de conselho de administração ou de gerência das pessoas jurídicas citadas na lei de combate à lavagem de dinheiro (Lei 9.613/1998), pelo dobro da pena privativa de liberdade aplicada.

Seguindo proposta do revisor da ação penal, ministro Luís Roberto Barroso, por unanimidade, os ministros decidiram pela perda do mandato com base no artigo 55, inciso III, da Constituição Federal, que prevê essa punição ao parlamentar que, em cada sessão legislativa, faltar a um terço das sessões ordinárias, exceto se estiver de licença ou em missão autorizada pelo Legislativo. Os ministros entenderam que, neste caso, em vez de ser submetida ao Plenário, a perda de mandato deve ser automaticamente declarada pela Mesa Diretora da Câmara dos Deputados.

Segundo o revisor, como regra geral, nos casos em que a condenação exigir mais de 120 dias em regime fechado, a declaração da perda de mandato é uma consequência lógica. O ministro salientou que, nos casos de condenação em regime inicial aberto ou semiaberto, é possível autorizar o trabalho externo, mas no regime fechado não existe essa possibilidade.

“A Constituição diz, com clareza, que quem faltar mais de 120 dias ou um terço das sessões legislativas perde o mandato por declaração da Mesa e não por deliberação do Plenário. Ora bem, quem está condenado à prisão em regime inicial fechado no qual precise permanecer por mais de 120 dias, a perda tem que ser automática”, afirmou o revisor.

Dosimetria

O julgamento da AP 694 foi retomado nesta terça-feira unicamente para a fixação da pena (dosimetria) e dos efeitos da condenação, ocorrida na sessão de 4 de abril passado. Naquela ocasião, após se pronunciarem pela condenação do parlamentar pelos crimes de corrupção passiva, previsto no artigo 317 do Código Penal, e lavagem de dinheiro, previsto no artigo 1º, inciso V, da Lei 9.613/1998 (redação antiga), os ministros resolveram deixar para uma sessão posterior a dosimetria a as consequências da condenação.

A pena pelo crime de corrupção passiva foi fixada em 5 anos, 7 meses, 6 dias, mais 222 dias-multa. Já a pena por lavagem de dinheiro foi estabelecida em 6 anos, 10 meses, 20 dias, além de 152 dias-multa, perfazendo o total de 12 anos, 6 meses e 6 dias, mais 374 dias-multa. O dia-multa foi fixado em 3 salários mínimos.

Operação Sanguessuga

O caso é um desmembramento da operação Sanguessuga, da Polícia Federal, na qual foi revelado um esquema criminoso, atuando em diversos estados, para o desvio de recursos públicos por meio da aquisição superfaturada, por prefeituras, de veículos – especialmente ambulâncias – e equipamentos médicos, com licitações direcionadas para favorecer o grupo Planan. Segundo a acusação, caberia ao deputado federal apresentar emendas ao orçamento geral da União, destinadas a municípios das regiões norte e nordeste do Estado do Rio de Janeiro, para beneficiar as empresas do grupo.

PR/CV

Leia mais:
04/04/2017 – 1ª Turma condena deputado Paulo Feijó (PR-RJ) por corrupção e lavagem de dinheiro

Jornalista mais linda do Brasil, e das raras que não são comunistas, lança a Campanha ADOTE UM BANDIDO – LEVE PRA CASA

30/04/2017

El nuevo “MARZO PARAGUAYO” – Desde el Paraguay viene el ejemplo

01/04/2017

Esperan imágenes del crimen

Lugar donde cayó el cuerpo sin vida de Rodrigo Quintana.

Lugar donde cayó el cuerpo sin vida de Rodrigo Quintana. / ABC Color

La fiscala María Raquel Fernández investiga la muerte del joven asesinado en la sede del Partido Liberal Radical Auténtico (PLRA) a manos de policías. Añadió que está pendiente de las imágenes del circuito cerrado.


Cubiertas marzo 2017

NACIONALES

Secuestrados siguen vivos, insiste ministro del Interior

NACIONALES

Ruegan al EPP una prueba de vida de Abrahán

El administrador de la Colonia Maritoba de Tacuatí, David Dych, leyó un comunicado en que una vez más se clama por una prueba de vida de Abrahán Fehr, secuestrado hace 601 días por el autodenominado Ejército del Pueblo Paraguayo (EPP).

Mariano institucional GIF

Al grito de “dictadura nunca más”, enardecidos manifestantes tomaron el palacio legislativo y destrozaron todo a su paso. La Policía al principio también actuó con inusitada violencia, pero luego se limitó a intentar controlar la situación. La senadora Desirée Masi confirmó esta madrugada la muerte del presidente de la JLRA de La Colmena, Rodrigo Quintana (25). Hay decenas de detenidos.

Al grito de “dictadura nunca más”, enardecidos manifestantes tomaron el palacio legislativo y destrozaron todo a su paso. La Policía al principio también actuó con inusitada violencia, pero luego se limitó a intentar controlar la situación. La senadora Desirée Masi confirmó esta madrugada la muerte del presidente de la JLRA de La Colmena, Rodrigo Quintana (25). Hay decenas de detenidos. / ABC Color

Insistencia en reelección desencadena la violencia

En oficina del Frente Guasu, 25 senadores aprobaron rekutu a instancias de Horacio Cartes y Lugo. La Policía hirió seriamente a un legislador e indigna-dos manifestantes incendiaron sede del Congreso. En un mensaje, HC redujo protesta a simples hechos vandálicos y culpó a la prensa de provocarlos. Esta madrugada falleció joven dirigente tras ser baleado por policías que atracaron sede del PLRA.

Mato Grosso do Sul não aguenta mais pagar sozinho o enxuga gelo do tráfico internacional

20/03/2017
Notícias STFImprimir

Segunda-feira, 20 de março de 2017

MS pede ressarcimento da União por despesas com presos por tráfico internacional

O Estado do Mato Grosso do Sul ajuizou a Ação Cível Originária (ACO) 2992, no Supremo Tribunal Federal (STF), para cobrar da União o ressarcimento por gastos que efetuados pela captura e prisão de pessoas ligadas ao tráfico internacional de drogas, armas e munições.

Na ação, o estado alega que por sua posição geográfica, na fronteira com o Paraguai e a Bolívia, tem contribuído no controle, fiscalização e punição de tais crimes sem que seja ressarcido financeiramente por isso.

Segundo a Procuradoria Geral do estado, essa atuação do ente federativo na detenção dos responsáveis por atividades criminosas ligadas ao tráfico transnacional de armas, munições e entorpecentes que seriam distribuídos em todo o território nacional, evitando-se os malefícios daí decorrentes, gera eficácia prática às exigências sociais de segurança pública e do devido processo legal. Contudo, os acusados são processados e julgados no Mato Grosso do Sul, ou seja, no distrito da culpa.

“Tal situação resulta em que o Estado de Mato Grosso do Sul tenha que suportar sozinho o ônus da prisão desses agentes, seja ela provisória, seja ela decorrente de sentença penal transitada em julgado. Como indeclinável consequência dessa circunstância tem-se o aumento exponencial da massa carcerária submetida à responsabilidade e custeio do Estado do Mato Grosso do Sul, superlotando suas unidades prisionais”, argumenta.

Segundo a petição inicial, não se cuida de simples questão econômica ou financeira, mas de questão constitucional de alta relevância para o equilíbrio da relação federativa entre o Mato Grosso do Sul e a União, com repercussão na dimensão de direitos e interesses coletivos, seja para a população sul-mato-grossense, bem como para a população de todo o país. Dados apresentados na ação revelam que o sistema prisional estadual dispõe de 7.327 vagas, mas há 16.224 segregados.

Do excedente de 8.897 presos, 7.246 são advindos do tráfico de drogas e armas, segundo dados de dezembro de 2016.

“Este panorama perturbador faz defluir o fato inegável de que o estado, além de atuar como verdadeiro ‘escudo’ para as demais unidades da federação, dependendo de seus recursos orçamentários e os esforços de seu quadro de pessoal próprio (da área de segurança pública) para o combate ao tráfico de entorpecentes, armas e munições, acaba por arcar sozinho com os custos de operação e manutenção dos presos ligados a delitos transnacionais, sem que haja qualquer contraprestação ou específica ação da União na guarda de tais presos”, argumenta.

Ainda conforme a Procuradoria estadual, essa postura “indiferente e omissiva” da União se mantém há décadas, em prejuízo à segurança pública dos cidadãos sul-mato-grossenses, aos direitos do segregados do sistema penitenciário estadual e também ao patrimônio e ao orçamento público estadual.

Mas agora, em razão do aumento da pressão orçamentária por mais recursos necessários à ampliação do sistema penitenciário estadual, o estado decidiu cobrar o ressarcimento das despesas de custeio na custódia e manutenção de presos condenados pela Justiça Federal e daqueles que cometeram delitos transnacionais, ainda que tenham sido julgados pela Justiça estadual.

A ação ressalta que a recente decisão do STF que reconheceu o direito de presos em situação degradante à indenização do Estado também terá efeitos orçamentários. O caso julgado (no RE 580252) ocorreu justamente num presídio de Corumbá (MS).

Na ACO, o estado observa que a Lei 5.010/1966, que organiza a Justiça Federal de primeira instância, dispõe em seu artigo 85 que enquanto a União não possuir estabelecimentos penais, a custódia de presos à disposição da Justiça Federal e o cumprimento de penas por ela impostas será feita nos estados e no Distrito Federal.

“Registre-se que essa lei foi publicada no DOU de 1º/06/1966, há mais de 50 anos”, enfatiza o estado, acrescentando que, até dezembro de 2013, a União dispunha de apenas quatro presídios federais, que abrigavam 358 presos, enquanto o sistema penitenciário nacional possuía, à época, 1.424 unidades prisionais, onde estavam 579.423 detentos.

Liminar

O estado pede a concessão de liminar que obrigue a União a repassar mensalmente aos cofres do Mato Grosso do Sul a quantia de R$ 10.616.571,43, levando-se em conta que a manutenção de cada preso custa R$ 3.617,29 por mês. A quantia será revertida ao Fundo Penitenciário do Estado do Mato Grosso do Sul (Funpes-MS).

No mérito, o estado pede que o STF julgue a ação procedente para condenar a União ao pagamento de valores a serem liquidados no momento processual oportuno, limitados a cinco anos do ajuizamento da ACO.

Pede ainda que o ressarcimento mensal das despesas permaneça enquanto perdurar a omissão da União em construir presídios federais capazes de receber a população carcerária de sua responsabilidade no estado.

A ação foi distribuída ao ministro Luiz Fux.

VP/AD

Punida com aposentadoria compulsória por crime de associação com o tráfico de drogas

20/03/2017
Notícias STFImprimir

Sexta-feira, 17 de março de 2017

Negada liminar a juíza punida pelo CNJ por envolvimento com narcotraficante

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou liminar por meio da qual  a juíza Olga Regina de Souza Guimarães buscava suspender decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que a condenou à pena de aposentadoria compulsória por conduta incompatível com a magistratura e violação de deveres funcionais.

O CNJ verificou, ao julgar processo administrativo disciplinar (PAD), o envolvimento da magistrada da Justiça da Bahia com o narcotraficante colombiano Gustavo Duran Bautista.

A decisão foi tomada no Mandado de Segurança (MS) 34662.

O relator apontou que não estão presentes, no caso, os requisitos para a concessão da medida cautelar. Sobre a alegação da defesa de nulidade pela falta de intimação pessoal para a sessão de julgamento do PAD, disse que, pelo princípio da ausência de nulidade sem prejuízo, é preciso que a magistrada demonstre o prejuízo concreto resultante do eventual descumprimento de formalidade.

“Ainda que a juíza não tenha sido intimada pessoalmente, seus advogados tiveram ciência da sessão por meio da publicação da pauta no Diário da Justiça Eletrônico, conforme determina o artigo 4º, parágrafo 2º, da Lei 11.416/2006”, explicou.

O relator frisou que, tendo a magistrada participado ativamente de todos os atos processuais, seja pelo acompanhamento do início do julgamento por meio do portal eletrônico do CNJ, seja pelo peticionamento para apresentar questão de fato e para reiterar seus argumentos, não há que se falar em prejuízo à defesa, não se reconhecendo a nulidade do ato, nos termos da jurisprudência do STF.

Investigação

Quanto à alegação de nulidade das provas do PAD, que teriam sido colhidas por autoridade incompetente, o ministro Fachin registrou que há elementos nos autos que atestam que a investigação inicial se voltava contra o narcotraficante Gustavo Duran, e que a quebra do seu sigilo telefônico, autorizada pela Justiça, mostrou conversas mantidas entre ele, a magistrada e seu companheiro.

Ainda segundo o ministro, o relator do caso no CNJ reforçou que as provas contra a juíza foram colhidas na Operação São Francisco, que investigou grupo criminoso especializado na exportação de drogas da América do Sul para a Europa, e que a jurisprudência do Supremo reconhece a possibilidade de compartilhamento das provas colhidas em sede de investigação criminal para instrução de PAD.

Ao contrário do que sustenta a magistrada, Fachin afirmou que não há como afastar a presunção de legalidade do CNJ relativamente à coleta de provas sem que se realize ampla instrução

RP/AD

Processos relacionados
MS 34662

Bruno não é gay

19/03/2017

17361614_2537549646274377_210175429628518418_n

É o brasileiro de saco cheio com a impunidade e com os direitos humanos

19/03/2017

Pause
-0:52

Remettre le son

Paramètres visuels supplémentaires

Afficher en plein écran

534 051 vues

Foram assaltar uns mórmons, que reagiram e deram um pau nos ladrões

É o dia delas também

08/03/2017

maca

marilena_chaui

15966160_10154973610864630_8014146146184676078_n

15822788_1712598359052749_422786507714224533_n

mariadorosario

16142743_290287004707843_5133879510331304622_n

14199367_350709965318474_1618224116250577830_n

rosario

Filha de Boa Família X Filha de Petista

28/02/2017

Filha de Donald Trump

16938802_415042002183691_4688393621186963724_n

Filha da Maria do Rosário

mariadorosario

Como tratar jornalista que defende bandido?

25/02/2017

Como tratar a bandidagem

Lembro-me de alguns políticos que se valiam do clamor popular de que “bandido bom é bandido morto” para suas plataformas políticas. Infelizmente, estes políticos nunca conseguiram, apesar de muitos coletarem milhares de assinaturas, aprovar a pena de morte ou a prisão perpétua no Brasil.

Para piorar, sempre que um bandido reage ao ser preso e a polícia precisa utilizar força para detê-lo ou sofre agressões de populares, pessoas ligadas aos Direitos Humanos aparecem para defender o desgraçado. Nunca soube ou vi alguém defender os direitos das vítimas, o que para mim soa como conivência com o crime.

Um bandido que comete assassinato, latrocínio, estupro e sequestro deve mofar na cadeia pelo resto da vida sim e ainda trabalhar para sustentar sua “hospedagem”. Logicamente que há casos e casos para o homicídio e para isto existe o devido julgamento dessas causas. Mas, tratar bandido como cidadão é o que não pode acontecer.

Muitos defendem que ninguém é bandido por querer, mas eu afirmo o contrário. Conheço muita gente honesta, que labuta arduamente, mesmo ganhando pouco para isto, e que nunca cometeu um único crime ou ato de bandidagem. Morar em favelas e ter pouco estudo não é sinônimo de ser bandido, e nem dá salvo-conduto para ser criminoso. Até porque muitos bandidos vivem no “asfalto”, como se diz nos morros cariocas, até em condomínios de luxo, tiveram estudo e mesmo assim optaram pelo crime.

Pelo direito de se defender e de exterminar marginal

18/02/2017
tagé la publication de Direita Minas.
3 h ·

Pause
-2:23

Remettre le son

Paramètres visuels supplémentaires

Afficher en plein écran

762 vues

Direita Minas à Protesto pela Revogação do Estatuto do DesarmamentoJ’aime la Page

15 h ·

Compartilhe, só depende de nós.

Que povo é este? Que país é este?

12/02/2017

POVO SAQUEADOR TEM O GOVERNO QUE MERECE!

16601955_10206633960606915_4581369006194377284_o

A Lava-Jato vai morrer de pane seca?

12/02/2017

 

Pelo fim da PM e pelo direito de andar armado e de atirar quando assaltado

12/02/2017

A situação caótica do ESPÍRITO SANTO está ensinando a importância da SEGURANÇA em nossas vidas.

Entregamos o monopólio da segurança para o estado e nos tornamos reféns deste.

Está na hora de ABOLIR o Estatuto do Desarmamento e legalizar o direito do cidadão se DEFENDER.

Lava-Jato na UTI – Se povo não sair às ruas, Lava-Jato morre

12/02/2017

veja-lava-jato

A AGONIA DO CRISTIANISMO

Explica o próprio Miguel de Unamuno, no prólogo:

“Este livro foi escrito em Paris, estando eu emigrado, refugiado ali, em fins de 1924, durante a ditadura pretoriana e cesariana espanhola, e sob singulares condições de ânimo, presa de uma verdadeira febre espiritual e de um pesadelo de expectação, condições que tratei de narrar em meu livro Como se faz uma novela.”

A obra foi concebida originariamente em francês, tendo sido publicada na Espanha somente em 1930.

“A Agonia do Cristianismo” é um ensaio filosófico no qual Miguel de Unamuno reafirma seu cristianismo muito pessoal e medita sobre questões como a virilidade, a agonia e a individualidade.

Afirma o autor:

“Todo cristão, para mostrar seu cristianismo, sua agonia pelo cristianismo, deve dizer de si mesmo ‘ecce christianus’, como Pilatos disse: “Eis o homem!”. Deve mostrar sua alma cristã, sua alma de cristão, o que em sua luta, em sua agonia do cristianismo se fez. A finalidade da vida é fazer-se uma alma, uma alma imortal. Uma alma que é a própria obra. Porque, ao morrer, deixa-se um esqueleto à terra e uma alma, uma obra à história.”

O livro “A Agonia do Cristianismo” está ausente das prateleiras brasileiras há décadas.

Miguel de Unamuno (1864-1936) foi um escritor e filósofo espanhol. Escreveu poesia, romances, ensaios, novelas e dramaturgia. É um dos expoentes da chamada Geração de 98 da literatura espanhola.

Estudou Filosofia e Letras na Universidade de Madri, concluindo o bacharelado em 1883.

Entre as suas obras mais famosas, encontram-se “Névoa”, “Do sentimento trágico da vida” e “Como escrever um romance”

A edição brasileira de “A Agonia do Cristianismo”, de Miguel de Unamuno, será impressa no formato brochura, tamanho 14 x 21 cm e contará com aproximadamente 140 páginas. A tradução da obra foi feita por Alexandre Müller Ribeiro.

A publicação inaugura a coleção “Cultura Espanhola”, que trará ao leitor brasileiro obras de autores importantes como José Ortega y Gasset, Pio Baroja, entre outros.

A previsão de entrega da edição é maio de 2017.

A Danúbio é uma editora estabelecida em 2013 cuja missão é participar do resgate da alta cultura no Brasil.

Sete títulos já foram publicados, todos por meio de financiamento coletivo privado, e podem ser adquiridos neste mesmo sítio.

A editora não usa, não usou e jamais aceitará usar um centavo sequer de dinheiro público.-

Saiba onde estão os 65 muros que separam países e povos – Os comunistas só implicam com um deles – Which countries have real walls in their borders?

12/02/2017

O Vaticano tem muro, yes.

http://www.dailymail.co.uk/news/article-3205724/How-65-countries-erected-security-walls-borders.html 

65

Legalize poderá esvaziar as cadeias

04/02/2017

Brasileiro só mata por ciúme, herança ou droga

16473067_775280075954314_2205034220736206771_n

Brutal violência contra homem – Porque não há Delegacia do Homem?

02/02/2017

16387367_982145591885827_8853686841226570445_n

Que país é este? dizia o Dr. Francelino Pereira

12/10/2016

A frase do Governador de Minas Gerais Dr. Francelino Pereira e que foi musicada pelo compositor Renato Russo que morreu há 20 anos atrás em 11/out/1996

AUTORIDADES DO BRASIL TRABALHANDO A FAVOR DA MALANDRAGEM

14702253_10211221831729890_1903254139554909979_n

Ainda temos juízes e desembargadores patriotas

29/09/2016

que não são defensores de bandidos como quer o PT.

Parabéns aos desembargadores que libertaram os heróis do Carandiru.

Torcedora Branca é vítima de revanchismo – Teve a casa incendiada em ato de vingança desproporcional

16/09/2014

Jornais minimizam vingança desproporcional por suposta ofensa da mulher a jogador

O desespero de uma mulher branca

O desespero de uma mulher branca com a casa incendiada

Isso é lutar pela Paz – Mais um no colo do capeta

11/08/2014

10600485_823875100970269_786898889789065579_n

Racismo anti judaico é livre e legal no Brasil e é protegido pelo governo

31/07/2014

http://www.pletz.com/blog/comunidade-judaica-rj-processa-candidata-pps/?fb_action_ids=10153066047028986&fb_action_types=og.likes&fb_ref=below-post

ana-amelia-590x459

10551058_317955171705761_876056571830503377_n

Farsa e Fraude da Terceira Vertebra – O que a Globo jamais vai mostrar Video espanhol mostra a Fraude Neymar – Não era ele no Hospital – Ninguém com vértebra quebrada rebola e dá risada em entrevista

11/07/2014

Brasil pode ter vendido a Copa igualzinho como fez em 1998 para a França:

Farsa? Fraude?

Farsa? Fraude?

Farsa? Fraude?

10501900_364173807068787_7719532374377852305_n

AntiCristo Obama pode pegar 10 anos de cadeia por fornecer armas a terroristas da religião dele

10/06/2014

Pai consegue na justiça direito de retirar filho de casa

10/06/2014
10/06/2014 – 12:33

Sentença proferida pela Vara de Fazenda Pública e Registros Públicos de Três Lagoas julgou procedente a ação movida pelo Ministério Público Estadual, determinando que R.H.C. retire-se da residência de seu pai J.A.C., mantendo uma distância de 100 metros. Além disso, o réu fica proibido de se comunicar com o idoso por qualquer meio de comunicação.

O Ministério Público afirma que o réu é usuário de drogas e criminoso. Ressalta que desde setembro de 2013 o réu estava morando com seu pai, expondo-o a constantes perturbações e ameaças. Relata ainda o MP que, ao ouvir o idoso, este afirmou que não suportava mais conviver com o filho, desejando que o réu saísse de casa.

Em sua decisão, a juíza Aline Beatriz de Oliveira Lacerda observou que o réu sequer contestou os fatos alegados pelo Ministério Público, ou seja, a ação ajuizada de medida de proteção merece prosperar. Além disso, a magistrada analisou: “o legislador infraconstitucional também definiu no Estatuto do Idoso ser obrigação da família assegurar com prioridade o direito à vida, à saúde, à dignidade e à convivência familiar do idoso (artigo 3º, da Lei nº 10.741/2003). A legislação mencionada determina ainda que nenhum idoso poderá ser objeto de qualquer forma de negligência ou omissão, nos termos do artigo 4º”.

Desse modo, a juíza concluiu: “o artigo 43 do Estatuto do Idoso prevê que medidas específicas de proteção deverão ser aplicadas quando os direitos do idoso forem viciados ou ameaçados de violação por falta, omissão ou abuso da família. Assim, indiscutivelmente, o caso reclama o afastamento definitivo do réu do lar onde reside o seu genitor”.

Processo: 0806235-23.2013.8.12.0021

Autor da notícia: Secretaria de Comunicação Social – imprensa.forum@tjms.jus.br

Mulher sofrendo dores atrozes ou está fingindo?

29/05/2014

10250185_274873949352524_2325579102345719123_n

Cenas fortes Imagens do video da tortura e morte Facebook de manicure Ane Kelly Santos barbaramente assassinada em Osasco Barueri

13/05/2014

https://www.facebook.com/anekelly.santos

 

 

Quando é o ladrão que acorrenta a vítima NÃO há violação de Direitos Humanos

11/04/2014

10246478_479814038787261_9022707430677229568_n

Homem também teve pulsos amarrados por arame; a polícia ainda não encontrou o acusado

Um homem foi encontrado acorrentado em uma árvore, após ter tido sua moto roubada no município de Piritiba, a 321 quilômetros de Salvador. O crime ocorreu na sexta-feira (4) e o acusado ainda não foi encontrado.

De acordo com as informações da polícia, um passageiro pediu para Antônio Carlos Almeida Santos, de 42 anos, levá-lo a um local.

No meio do caminho fingiu ter deixado a blusa cair e ao parar o veículo, o assaltante deu voz de assalto.

O suspeito levou Santos para o matagal e o acorrentou em uma árvore, além de ter os pulsos amarrados com um arame. A vítima conseguiu soltar os braços e pegar o celular no bolso, acionando a Polícia Militar.

A moto que foi tomada de assalto é uma Honda CG 150 Sport, de cor vermelha, placa JRG-7638, licença de Jacobina.

Fonte: http://varelanoticias.com.br/

Porque o PT gosta de empresas estatais? – É o apego pelo dinheiro público

05/04/2014

1012877_10152088083805617_261728984_n

10246426_619394658145868_1408977765_n

Defenda a Polícia do Brasil de seu pior inimigo: Jornais e jornalistas – Converse com seu filho

05/04/2014

1622827_619365754797866_519304794_n

1977146_1478154845730150_505981627_n

10151362_431191497024472_858341092_n

PRA MARIA DO ROSÁRIO e para o PT, Os brancos não deram oportunidade – ESSE NÃO TEVE OPORTUNIDADE NA VIDA

28/01/2014
Mórrrrrrrrrrrrrrrrrrreu
GRAÇAS À DEUS MAIS UM BANDIDO MORTO PARA BENEFÍCIO DA FAMÍLIA BRASILEIRA.
 1780634_418566818276337_684173920_n
Assaltante, homicida com mais de 15 casos com mandado, atualmente era um dos indivíduos mais procurados pela Polícia do Rio Grande do Norte… conhecido como Rivotril Matador de Policial, assim termina a história de Isac Heleno de Souza quando PM’s revidaram a um ataque do criminoso.
Clique e curta Apóio a Polícia Militar!

06/01/2014

“Bem-vindo ao Texas ”

Não mexa com o TEXAS!
Nossos cidadãos portam armas
Se você matar alguém, nós vamos te matar
Nós adoramos combate armado, é uma tradição texana
Nós temos 120 prisões, aproveite a estada.”

Tem algo melhor pra afastar a criminalidade?

1487347_771902546156642_739615961_n

Maconha é legal… no Colorado – Marihuana recreativa

02/01/2014

http://sociedad.elpais.com/sociedad/2014/01/01/actualidad/1388606078_361409.html

El primer mercado público de marihuana de EE UU abrió este 1 de enero en Colorado, gracias a la entrada en vigor de la normativa que legaliza esta sustancia.

La legislación fue aprobada en referéndum coincidiendo con las elecciones presidenciales de 2012 y, tras ser ratificada por las autoridades estatales de Colorado el pasado mes de mayo, se determinó su entrada en vigor a las 8 de la mañana, hora local, del primer día del año.

En ese instante, varias docenas de establecimientos abrieron sus puertas al público.

1388606078_361409_1388606243_noticia_normal (1)

TARSO-FUMA-741814

2014 começa bem para defensores dos Direitos Humanos: PM morto no combate ao crime

01/01/2014

A Primeira alegria do ano para os defensores dos Direitos Humanos: Postado agora no Facebook do Coronel Talhada:

 

“Mal começou o ano de 2014 e infelizmente já temos um PM morto no combate ao crime: O soldado PM Fernando Neves da Cunha, 29 anos de idade, pertencente ao efetivo do 28º BPM/M foi baleado e morto no bairro de Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo, por volta das 6h15 de hoje, 01 de janeiro de 2014 e que eu saiba, ninguém foi detido até o momento.

Compondo a guarnição de uma viatura, o PM acompanhava em perseguição motorizada um Toyota Corolla que havia sido roubado quando, na esquina entre a rua Inácio Monteiro e a avenida Dr. Guilherme de Abreu Sodré, ocupantes do veículo desceram do carro e entraram em um baile funk que acontecia no local.

Então, os vagabundos efetuaram disparados de armas de fogo de dentro da multidão (não houve revide por parte dos PM) e um dos disparos atingiu o Sd PM Fernando, que foi socorrido ao pronto-socorro do hospital Santa Marcelina, mas não resistiu e faleceu Mais um herói que nos deixa, mais um PM morto no combate a criminalidade.

Os defensores de bandidos devem estar vibrando de alegria, pois aumentou em muito o número de policiais mortos, enquanto caiu consideravelmente o número de bandidos mortos. Essa é a conta macabra que esses criminosos fazem: para eles, a PM está menos agressiva pois ao invés de combaterem o crime revidando aos injustos disparos, nossos PM têm morrido diariamente… Isso está errado…

É um verdadeiro Genocídio Policial… O funeral está sendo realizado na Vila Ré e o sepultamento será amanhã às 12:00 horas no Mausoléu da PM no cemitério do Araçá. Estaremos lá. Descanse em paz, irmão de farda.”

Revogação do ECA Estatuto da Criança e do Adolescente Bandido e Impune – Sargento desabafa – melhores videos do youtube

13/12/2013

Pela criminalização dos direitos dos manos 

Ódio aos Brancos é totalmente impune no Brasil de Lula e Dilma

04/12/2013

530420_10201938918651189_964263589_n

PT e o culto a boiolice – Na América Livre até criança manda bandido pro inferno

02/12/2013

RESPONDA: QUEM É O HERÓI?

Criança liga para a polícia e ajuda prender criminoso em Marília
http://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2013/11/crianca-liga-para-policia-e-ajuda-prender-criminoso-em-marilia.html — Ouçam o que a mãe do garoto diz a repórter.

Menina de 11 anos defende sua casa contra três assaltantes com Rifle .22 Cor de Rosa.
http://freepatriot.org/2013/09/05/11-year-old-girl-defends-home-three-robbers-pink-22-rifle/#sthash.B9DcWqHj.BFBbKv1f.dpuf

E A MEDALHA VAI PARA … ???

1467450_718055681539220_1320756008_n