WSJ comenta a campanha orquestrada de difamação contra Bolsonaro

O Único grande jornal não comunista dos EUA publica na capa em 03/dez/19, terça-feira.


Investidores diminuem a discórdia e perceberam a recuperação do Brasil


“””O presidente brasileiro Jair Bolsonaro foi acusado de destruir o meio ambiente, pôr em risco os direitos humanos e ofender mulheres e gays.

Mas, para as empresas que tentam ganhar dinheiro, ele faz chover.

Economia do Brasil cresce em ritmo mais rápido em seis trimestres”””

z 3 12 19 wsj


%d blogueiros gostam disto: