Nós que amávamos tanto a revolução! NOUS L’AVONS TANT AIMEE LA REVOLUTION – O ícone do MAI 68, hoje, vive uma vida de luxo e ostentação: DANIEL COHN-BENDIT no Festival de Cannes. – Nada como um dia atrás do outro – Eu vivi e pude ver: O inimigo número um do capitalismo em 1968 – Agora um boa vida, milionário, capacho de Macron – repare a cara de psicopata no MAIO 68 » cohn dois