Verdade ou montagem?

O verdadeiro machismo institucionalizado.
Muçulmanos ensinando como o marido deve bater na esposa, mas messas horas as feministas se calam, pois o patrulhamento anti-machismo só é válido se for contra judeus, cristãos, budistas, hinduistas….

34 755 vues

Imã brasileiro e clérigo egípcio concordam no método que deve ser utilizado pelo marido para disciplinar a esposa, caso ela venha à desobedece-lo; https://youtu.be/hWe_v_xHBXI

Imã brasileiro e clérigo egípcio concordam no método que deve ser utilizado pelo marido para disciplinar a esposa, baseando-se no Alcorão, Surata 4 (AN NISSÁ; As Mulheres), versículo; 34.

34. “Os homens são os protetores das mulheres, porque Alah dotou uns com mais força do que as outras, e pelo o seu sustento do seu pecúlio. As boas esposas são as devotas, que guardam, na ausência do marido, o segredo que Alah ordenou que fosse guardado. Quanto àquelas, de quem suspeitais deslealdade, admoestai-as na primeira vez, abandonai os seus leitos na segunda vez e castigai-as na terceira vez”
———————————————————————————
Alguns versículos do Alcorão o livro sagrado da “Religião da Paz”

Alcorão, Surata 2, (AL BÁCARA; A Vaca) versículos; 191, 193, 216
191. “Matai-os onde quer se os encontreis e expulsai-os de onde vos expulsaram, porque a perseguição é mais grave do que o homicídio. Não os combatais nas cercanias da Mesquita Sagrada, a menos que vos ataquem. Mas, se ali vos combaterem, matai-os. Tal será o castigo dos incrédulos”.
193. “E combatei-os até terminar a perseguição e prevalecer a religião de Alah”.
216 “Está-vos prescrita a luta pela causa de Alah, embora o repudieis. É possível que repudieis algo que seja um bem para vós e, gosteis de algo que vos seja prejudicial? Todavia, Alah sabe todo o bem que fizerdes, Alah dele tomará consciência”.

Alcorão, Surata 3, (ÁAL ‘IMRAN; A Família de Imran), versículos; 157, 158, 169, 177, 178, 195.
157. “Mas, se morrerdes ou fordes assassinados pela causa de Alah, sabei que a Sua indulgência e a Sua clemência são preferíveis a tudo quando possam acumular”.
158. “E sabei que, tanto se morrerdes, como ser fordes assassinados, sereis congregados ante Alah”.
169. “E não creiais que aqueles que sucumbiram pela causa de Alah estejam mortos; ao contrário, vivem, agraciados, ao lado do seu Senhor”.
177. “Aqueles que trocam a fé pela incredulidade em nada, prejudicam a Alah, e sofrerão um doloroso castigo”.
178. “Que os incrédulos não pensem que os toleramos, para o seu bem; ao contrário, toleramo-los para que suas faltas sejam aumentadas. Eles terão um castigo afrontoso”.
195 “Enquanto àqueles que sofreram pela causa de Alah, combateram e foram mortos, absorvê-los-ei dos seus pecados e os introduzirei em jardins, abaixo dos quais corres os rios, como recompensa de Alah”.

Alcorão, Surata 4, (AN NISSÁ; As Mulheres), versículos; 34, 74, 76, 89, 95, 101.
34. “Os homens são os protetores das mulheres, porque Alah dotou uns com mais força do que as outras, e pelo o seu sustento do seu pecúlio. As boas esposas são as devotas, que guardam, na ausência do marido, o segredo que Alah ordenou que fosse guardado. Quanto àquelas, de quem suspeitais deslealdade, admoestai-as na primeira vez, abandonai os seus leitos na segunda vez e castigai-as na terceira vez”
74. “Que combatam pela causa de Alah aqueles dispostos a sacrificar a vida terrena pela futura, porque a quem combater pela causa de Alah, quer sucumba, quer vença, concederemos magnífica recompensa”.
76. “OS fiéis combatem pela causa de Alah; os incrédulos, ao contrário, combatem pela do sedutor. Combatei, pois, os aliados de Satanás, porque a angústia de Satanás é débil”
89 “Não tomeis a nenhum deles por confidente, até que tenham migrado pela causa de Alah. Porém, se se rebelarem, capturai-os então, matai-os, onde quer que os acheis, e não tomeis a nenhum deles por confidente nem por socorredor”.
95 “Os fiéis, que, sem razão fundada, permanecem em suas casas, jamais se equiparam àqueles que sacrificam os seus bens e suas vidas pela causa de Alah; Ele concede maior dignidade àqueles que sacrificam os seus bens e suas vidas do que aos que permanecem em suas casas”.
101 “Os incrédulos; em verdade vos digo, eles são vossos inimigos declarados”.

Alcorão, Surata 5, (AL MÁIDA; A Mesa Servida), versículos; 36, 54.
36 “O castigo, para aqueles que lutam contra Alah e contra o Seu é que sejam mortos, ou crucificados, ou lhes seja decepada a mão e o pé opostos, ou banidos. Tal será, para eles, um aviltamento nesse mundo e, no outro, sofrerão um severo castigo”.
54 “Ó fiéis, não tomeis por confidentes os judeus nem os cristãos; que sejam confidentes entre si. Porém, quem dentre vós os tomares por confidentes, certamente será um deles; e Alah não encaminha os iníquos”.

Alcorão, Surata 8, (AL ANFAL; Os Espólios), Versículos; 12, 13, 14, 15, 16, 17, 59, 60, 65.
12. “E de quando o teu Senhor revelou aos anjos: Estou convosco; firmeza, pois, aos fiéis! Logo infundirei o terror nos corações dos incrédulos; decapitai-os e decepai-lhes os dedos!”
13. “Isso, porque contrariaram Alah e o Seu Mensageiro; saiba, quem contrariar Alah e o Seu Mensageiro, que Alah é Severíssimo no castigo.”
14. “Tal é o castigo pelo desafio; provai-o, pois! E sabei que os incrédulos sofrerão o tormento infernal.”
15. “Ó fiéis, quando enfrentardes em batalha os incrédulos, não lhes volteis as costas.
16. Aquele que, nesse dia, lhes voltar as costas – a menos que seja por estratégia ou para reunir-se com outro grupo incorrerá na abominação de Alah, e sua morada será o inferno. Que funesto destino!”
17. “Vós que não os aniquilastes, ó muçulmanos! Foi Alah quem os aniquilou; e apesar de seres tu ó Mensageiro quem lançou areia, o efeito foi causado por Alah. Ele fez para Se provar indulgente aos fiéis, porque é Oniouvinte, Sapientíssimo.”
59. “E não pensem os incrédulos que poderão obter coisas melhores do que os fiéis. Jamais o conseguirão.”
60. “Mobilizai tudo quando dispuserdes, em armas e cavalaria, para intimidar, com isso, o inimigo de Alah e vosso, e se intimidarem ainda outros que não conheceis, mas que Alah bem conhece. Tudo quanto investirdes na causa de Alah, ser-vos á retribuído e não sereis defraudados.”
65 “Ó Profeta, estimula os fiéis ao combate. Se entre vós houvesse vinte perseverantes, venceriam duzentos, e se houvessem cem, venceriam mil dos incrédulos, porque estes são insensatos.”

Alcorão, Surata 9, (AT TAUBAH; O Arrependimento), versículos; 5, 14 ,29.
5 “Mas quanto os meses sagrados houverem transcorrido, matai os idólatras onde quer que os acheis; capturai-os, acossai-os e espreitai-os; porém, caso se arrependam, observem a oração e paguem o *Jizya, abri-lhes o caminho.”
14 “Combatei-os! Alah os castigará, por intermédio das vossas mãos.”
29 “Combatei aqueles que não creem em Alah e no Dia do Juízo Final, nem abstêm do que Alah e Seu Mensageiro proibiram, e nem professam a verdadeira religião daqueles que receberam o Livro, até que, submissos, paguem o *Jizya.”
[*imposto para poder morar entre os Muçulmanos].

Alcorão, Surata 33, (AL AHZÁB; Os Partidos), versículo 59
59. “O profeta, dizei a tuas esposas, tuas filhas e às mulheres dos fiéis que quando saírem se cubram com as suas mantas; isso é mais conveniente, para que distingam das demais e não sejam molestadas; sabei que Alah é Indulgente, Misericordiosíssimo.”

Alcorão, Surata 47, (MOHAMMAD; Mohammad), versículo 4.
4 “E quando vos enfrentardes com os incrédulos, em batalha, golpeai-lhes os pescoços, até que os tenhais dominado, e tomai os sobreviventes como prisioneiros. Libertai-os, então, por generosidade ou mediante resgate, quando a guerra tiver terminado. Tal é a ordem. E se Alah quisesse, Ele mesmo ter-Se-ia livrado deles; porém, facultou-vos a guerra para que vos provásseis mutuamente. Quanto àqueles que foram mortos pela causa de Alah, Ele jamais desmerecerá as suas obras.”

Alcorão, Surata 48, (AL FATH; O Triunfo), versículos; 28, 29.
28. “Ele foi Quem enviou o Seu Mensageiro com a orientação e com a verdadeira religião, para fazê-las prevalecer sobre todas as outras religiões; e Alah é suficiente Testemunha disso.”
29. “Mohammad é o Mensageiro de Alah, e aqueles que estão com ele são severos para com os incrédulos, porém compassivos entre si.”

Alcorão, Surata 61, (AS SAF; As Fileiras), versículo 4.
4 “Em verdade, Alah aprecia aqueles que combatem, em fileiras, por sua causa, como se fossem uma sólida muralha”.

O Alcorão livro sagrado dos muçulmanos possui 114 Suratas (Capítulos)ver

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: