Aluizio Amorim mais uma vez derruba as mentiras globais

terça-feira, março 21, 2017

OS VELHACOS HISTÉRICOS E MENTIROSOS DA GRANDE MÍDIA: UM VÍDEO COMPROVA TUDO.

Em postagem aqui no blog no último último domingo, dia 19, informei que 700 empresas estão interessadas em apresentar propostas para construir o muro que o Presidente Donald Trump construirá na fronteira com o México. Tal providência procurar barrar a entrada de imigrantes ilegais, além do tráfico de drogas e armamentos para gangues e terroristas. O governo Trump já iniciou o exame de propostas em que pese o histerismo do Partido Democrata e seus braços armados como ONGs e organizações de bate-paus, black-blocs e correlatos que tem infernizado a vida do americanos, principalmente dos trabalhadores. Notem que o esquerdismo age de forma uniforme em qualquer lugar do mundo. A eleição de Donald Trump serviu para mostrar quão deletérias são essas ações terroristas que bem conhecemos também aqui no Brasil por meio da ação nefasta e criminosa de Lula e seus sequazes travestidos de “manifestantes”.

Para variar, a grande mídia norte-americana e em todo o resto mundo atua de forma uniforme já que se tornou há muitos anos o departamento de propaganda do dito neocomunismo globalista do século XXI. Esse neocomunismo não promove mais guerra de guerrilhas. Atua de forma solerte por meio do aparelhamento de todas as instância estatais. Sob os 8 últimos anos de reinado de Hussein Obama e seus sequazes do Partido Democrata, as lições do psicopata italiano Antonio Gramsci foram levadas ao pé da letra. Tanto é que já se fala nos Estados Unidos da existência do que denominam “deep State”, ou seja “Estado profundo”, uma teia de funcionários que compõem o serviço público norte-americano direto e, mais ainda, operando na miríade de agências e demais órgãos governamentais, incluindo aí até mesmo o Departamento de Segurança Interna, o FBI, a CIA entre outros.

Esse tal “deep State” está diretamente conectado com os jornalistas da grande mídia num conluio infernal destinado a solapar a qualquer preço o governo de Donald Trump. Não se sabe até agora quem ou quais empresas “molham” as mãos dos “penas alugadas”, gíria do passado que identificava o jornalismo a soldo dos mais diferentes interesses. É possível, dada a gravidade da situação midiática da atualidade e a pressão das redes sociais, blogs e sites independentes, que mais adiante venha à tona a resposta à pergunta que não quer calar: Quem compra e paga a opinião dos jornalistas da grande mídia? Quem financia o suborno? Quem se vende?

E uma prova do que estou afirmando aqui e agora pode ser conferida no vídeo acima. Trata-se de parte do discurso de Bill Clinton ao Congresso norte-americano em 1995. Alto e bom som ele promete brecar a imigração ilegal. Promete segurança para os cidadãos americanos. Seu discurso é praticamente igual ao de Donald Trump neste ano de 2017. Diferente é a reação da mainstream media.

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: