Muro que vai barrar criminosos porque os invasores se atrevem a pular a cerca já é SUCESSO COMERCIAL

Esta imagem é apenas uma ilustração fictícia do muro que livrará o povo americano da invasão criminosa na fronteira com o México.

A construção é uma das promessas de campanha do Presidente Donald Trump. Tem o apoio caloroso do povo americano, excetuando a canalhada esquerdista.

O muro proposto pela administração Trump deverá ter pelo menos uns 10 metros de alturas para dissuadir potenciais imigrantes ilegais, informaram funcionários da Segurança Interna.
O Departamento de Alfândega e Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos (CBP) iniciou o processo de solicitação de projetos de várias empresas que inclui propostas de design e protótipos do muro proposto pelo Presidente Donald Trump ao longo da fronteira EUA-México, segundo o jornal o Washington Times.
“O projeto do muro deve ser fisicamente imponente em altura”, explicam os funcionários do CBP. A agência disse que o objetivo é ter um muro de 30 pés, mas aceitará propostas de até 18 pés (30 pés equivale a cerca de 10 metros).
Eles também disseram que o muro deve ter pelo menos seis pés de profundidade de forma a impedir eventual passagem subterrânea e alto o suficiente para que ninguém possa escalar a parede sem uma escada.
Deve levar pelo menos uma hora e, idealmente, mais de quatro horas, para fazer um buraco no muro, de forma que os agentes possam impedir qualquer pessoa de terrar arrombá-lo.
O governo descreve que a muro deve ser capaz de resistir a uma marreta, carro jack, picareta, cinzel, ferramentas de impacto operadas a bateria, ferramentas de corte operadas também por também por bateria, tocha Oxy/acetileno ou outros equipamentos manuais semelhantes.
Nos documentos, o CBP diz que do lado dos EUA deve ser “esteticamente agradável” em “cor, textura anti-subida etc., para integrar-se com o ambiente geral”. Não há menção em relação ao lado mexicano no que diz respeito à aparência da muralha.
Cerca de 700 empresas se registraram como potenciais fornecedores para o projeto desde que o CBP começou a analisar propostas de empresas interessadas. Os contratantes têm até 29 de março para apresentar suas propostas para a primeira fase do projeto. (Com informações do site Breitbart – To read in English click here)
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: