Será que vai? Será que ele chega lá?

Bolsonaro está em segundo na disputa pela prefeitura do Rio de Janeiro

A pesquisa IBOPE/TV Globo para a prefeitura do Rio de Janeiro acaba de ser divulgada. Com margem de erro de três pontos para mais ou para menos, o deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSC) aparece em segundo lugar empatado com Marcelo Freixo (PSOL).
É a primeira avaliação após o início oficial da corrida eleitoral e PSDB, PMDB e REDE ficaram para trás.
Confira os números no G1:
– Marcelo Crivella (PRB) – 27%

– Marcelo Freixo (PSOL) – 12%– Flávio Bolsonaro (PSC) – 11%– Jandira Feghali (PC do B) – 6%– Pedro Paulo (PMDB) – 6%– Índio da Costa (PSD) – 5%– Carlos Osório (PSDB) – 4%– Alessandro Molon (Rede) – 2%– Carmen Migueles (Novo) – 1%– Cyro Garcia (PSTU) – 1%– Branco/nulo – 20%– Não sabe/não respondeu – 5%

OBS.: O nome da candidata Thelma Bastos (PCO) não constou nesta rodada de pesquisa, por que a candidatura passou a ser divulgada no site do TSE somente no dia 19 de agosto, ou seja, após o registro da pesquisa.”
O candidato Flávio Bolsonaro (PSC) ultrapassa Marcelo Freixo (PSOL) em alguns demográficos, como nos eleitores com idade entre 25-34 (13% vs 12%) e 35-44 (13% vs 10%). Nos eleitores com escolaridade até a 4ª Fundamental (4% vs 1%). E nos eleitores com renda de até 1 salário mínimo (9% vs 7%).
Publicado em 23 de agosto de 2016
Anúncios

Uma resposta to “Será que vai? Será que ele chega lá?”

  1. Renan Says:

    OLÁ, CARIOQUETAS, OS ALIADOS DE COMUNISTAS!
    O ácido sulfúrico representando os 2 partidecos que disputarão a prefeitura no Rio é uma solução aquosa de sulfato de hidrogênio forte e potencialmente corrosiva, sendo a substância química mais usada pela indústria.
    É por isso que o ácido sulfúrico é tão perigoso, inclusive para os cofres públicos, corroem as fechaduras – nem ratos podem com ele!
    Ele tem ação corrosiva nos tecidos dos organismos vivos e pode causar lesões severas na pele dos viventes, caso do H²SO4 quando esteve (di)gerindo o Brasil no (des)governo dos bagulhos petistas!
    Se eu fosse carioca, boicotaria o segundo turno e jamais votaria num desses trastes vermelhos restantes – zero de votos pros 2!
    Comigo não!

Os comentários estão desativados.


%d blogueiros gostam disto: