Cesare Battisti , jornal italiano “La Repubblica” ri do Brasil, conta Diogo Mainardi

Podcast do Diogo – O Marcola do país da macarronada

Eu estou de volta do médico, e Diogo está de voltao ao podcast. Vamos lá.
*

O Brasil negou o pedido de extradição de Cesare Battisti durante minhas férias. Férias na Itália. Acompanhei o episódio de longe, pela imprensa italiana. “La Repubblica” publicou o seguinte comentário:

“No país do samba, há uma espécie de cumplicidade ideal com todos os Battisti do mundo, com os terroristas, com os justiceiros. Lula deve ter pensado que a Itália é uma republiqueta como a sua. (Ele) acredita que o mundo inteiro é formado por paisecos no limite entre o populismo e a ditadura militar”.

Ponto.

Nos últimos anos, “La Repubblica” foi um dos jornais estrangeiros que mais tolamente se encantaram com o presidente brasileiro. Agora mudou. A abestalhada claque italiana de Lula passou a enxergá-lo como um retrato do caudilho bananeiro.

Um documento que recebi na semana passada pode ajudar a explicar essa baba raivosa na boca dos italianos. Trata-se da ficha do Ros – o Grupo de Operações Especiais da polícia militar italiana – sobre os terroristas do PAC – os Proletários Armados pelo Comunismo -, do qual fazia parte Cesare Battisti.

Primeiro trecho:

“Os Proletários Armados pelo Comunismo formaram-se nos últimos meses de 1977, no âmbito da luta contra a nova realidade do regime carcerário de segurança máxima, que acabara de ser instituído”.

E eu acrescento: os atentados terroristas do PCC, em maio 2006, ocorreram pelo mesmo motivo – a transferência de alguns membros do bando para o presídio de segurança máxima de Presidente Bernardes. O PAC é o PCC do país da Tarantella (sim, estou parodiando o editorialista do “La Repubblica”). Tarso Genro alegou que Cesare Battisti foi perseguido por suas ideias políticas. A única ideia que ele tinha era essa: aliviar o cárcere duro, exatamente como o Comando Vermelho em Bangu 3.

Para ler e ouvir íntegra, clique aqui

Por Reinaldo Azevedo | 22:21 | comentários (36)

Tags:

4 Respostas to “Cesare Battisti , jornal italiano “La Repubblica” ri do Brasil, conta Diogo Mainardi”

  1. julio cesar Says:

    algumas realizações do comunismo 1)estupro de 5.000.000 de mulheres 2)assassinato e morte de 100.000.000 de pessoas 3)destruição da natureza 4)destruição da liberdade religiosa 5)destruição da liberdade política 6)destruição da liberdade de imprensa e econômica;me pergunto como existem pessoas que ainda defendem isso?quero citar mas algumas coisas sobre e acerca do comunismo 1)karl marx fundador e criador do comunismo pregava abertamente que deveria haver um holocausto comunista onde milhões de pessoas deveriam perecer/morrer para que o comunismo fosse implantado no mundo;resumindo ou seja karl marx pregava e incitava abertamente o assassinato de milhões de pessoas para que o comunismo fosse instalado com sucesso no mundo(veja o discurso de karl marx na gazeta renana de 1849)2)é bom lembrar que o exemplo vale muito mais que mil palavras;george bernard shaw;um famoso diretor de teatro que era comuna(comunista)disse certa vez que não pretendia acabar com a pobreza,mas com os pobres;ou seja essa bandeira de justiça social que os comunistas usam é apenas para disfarçar seus reais intentos e intenções que é o domínio do mundo(a maioria dos artistas(modelos e atores)são comunistas e não dão um centavo para ajudar nimguém)3)os comunistas usam a promoção da imoralidade(casamento gay,aborto,liberação das drogas,liberação da prostituição)para enfraquecer moral e espiritualmente um povo e assim executarem uma lavagem cerebral comunista no povocom isso caro amigos quero dizer tenham cuidado com o comunismo

  2. Ronald Says:

    José Augusto, você está mesmo a comparar o Cacciola com o Battisti? Acha mesmo que é possível colocar no mesmo nível um banqueiro corrupto com um assassino cruel e sanguinário?

    Em tempo: vá lamber sabão!

  3. jose augusto Says:

    digo mais obrazil que aparecer, façam embargo ao brazil num estante ele bosta volta para italia

  4. jose augusto Says:

    engraçado e que qunado a italia segurou salvatore cattiola ninguem disse nada, so prenderam ele porque foi para monaco ,porem o brazil esta totalmente errado nota zero para todos

Comentários encerrados.


%d blogueiros gostam disto: